Logotipo

Capitania dos Portos do Paraná ministra curso de Marinheiro Fluvial em São Mateus do Sul-PR

02 de janeiro de 2019

Aula prática de sobrevivência realizada no Rio Iguaçu durante o curso de Marinheiro Auxiliar de Convés e Máquinas. Foto: Capitania dos Portos

Compartilhe

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) ministrou o curso de Marinheiro Auxiliar de Convés e Máquinas no município de São Mateus do Sul, região Sul do Paraná, entre os dias 6 e 9 de dezembro. Ao todo, 15 alunos foram capacitados para conduzir embarcações de até 10 toneladas e trabalharem como marinheiro auxiliar em embarcações de até 100 toneladas em navegação fluvial. Estes novos profissionais da Marinha Mercante podem atuar em balsas de travessia e em dragas de areia, comuns na região do Rio Iguaçu e afluentes.

Os alunos tiveram instruções de marinharia, motores, segurança do trabalho, legislação aquaviária, primeiros socorros, e eletricidade básica. As aulas foram ministradas em uma sala cedida pela Prefeitura de São Mateus do Sul no prédio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, no Centro da cidade. Houve ainda a aula prática de sobrevivência realizada no Rio Iguaçu, que corta o município.

O Capitão dos Portos do Paraná, Capitão de Mar e Guerra Germano Teixeira da Silva, disse que o objetivo da Marinha do Brasil ao levar o curso para São Mateus do Sul é atender a demanda dos municípios da região com a formação de trabalhadores qualificados para as embarcações. “A missão da Capitania é prover a segurança da navegação. E entre as nossas atribuições está a formação de aquaviários qualificados com o objetivo de diminuir as chances de acidentes. A melhor preparação daqueles que utilizam embarcações para transporte de passageiros ou para atividades comerciais promove a salvaguarda da vida humana e previne a poluição hídrica”.

AÇÃO SOCIAL

As aulas do curso de Marinheiro Auxiliar de Convés e Máquinas aconteceram em frente à Paróquia São Mateus, igreja vinculada à Diocese de União da Vitória. Integrantes da Pastoral da Criança na cidade, ao tomar conhecimento da presença de integrantes da Marinha do Brasil nas proximidades, solicitaram apoio dos oito militares responsáveis pela aplicação das aulas para arrecadar brinquedos a serem distribuídos para crianças carentes do município no Natal, pedido prontamente atendido. Os militares compraram brinquedos individualmente e realizaram a entrega em uma missa.

Da Assessoria da Capitania

Colunistas