Logotipo

Capitania dos Portos do Paraná doa casco da Lancha Itiberê ao Colégio Militar de Curitiba

03 de dezembro de 2018

Autoridades na cerimônia de inauguração da Lancha de Apoio ao Ensino e Patrulha (LAEP) “Itiberê”.

Compartilhe

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) doou ao Colégio Militar de Curitiba (CMC) o casco da Lancha de Apoio ao Ensino e Patrulha (LAEP) “Itiberê” para ser exposta como representante da Marinha do Brasil no espaço denominado “Alameda das Forças Armadas”, um espaço a céu aberto no pátio interno da instituição escolar criado para inspirar os jovens estudantes a aspirar a carreira militar. A cerimônia de inauguração ocorreu no dia 23 de novembro com a presença do Comandante de Operações Navais (CON) e ex-aluno do CMC, Almirante de Esquadra Paulo Cesar de Quadros Küster.

O objetivo do Colégio Militar de Curitiba ao criar a Alameda das Forças Armadas é utilizar peças e equipamentos em desuso no serviço ativo para tornarem-se “símbolos vivos” das Forças Armadas. Além da LAEP Itiberê, o local abriga ainda uma Viatura Blindada de Combate M41, uma Viatura Blindada Obuseiro Autopropulsado M108 e um Canhão 106 Sem Recuo, todos representando o Exército Brasileiro. “A embarcação será uma representante permanente dos valores da Marinha do Brasil, baseados na Hierarquia e na Disciplina, e inspirados na Rosa das Virtudes. Destacam-se, neste sentido, a lealdade, a cooperação, e abnegação”, declarou na solenidade o Almirante de Esquadra Paulo Cesar de Quadros Küster.

O Comandante de Operações Navais foi homenageado pelo CMC com a entrega de uma lembrança confeccionada pelos alunos do Clube de Mosaico. Estiveram presentes ainda na cerimônia o Diretor de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA), General de Divisão Flavio Marcus Lancia Barbosa; o Comandante do 8.º Distrito Naval, Vice-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida; o Comandante da Artilharia Divisionária da 5.ª Divisão de Exército (AD/5), General de Brigada Rodrigo Pereira Vergara; o Comandante do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), Coronel Aviador Marcos Kentaro Adachi; o Capitão dos Portos de Santa Catarina, Capitão de Mar e Guerra Emerson Gaio Roberto; e o Capitão dos Portos do Paraná, Capitão de Mar e Guerra Germano Teixeira da Silva.

LAEP ITIBERÊ

A Lancha de Apoio ao Ensino e Patrulha (LAEP) “Itiberê” possui 8,14 metros de comprimento e 3,21 de boca, sendo construída no ano de 1997 pelo Estaleiro EISA S/A na cidade de Itajaí-SC. Em março de 1998 foi incorporada à Capitania dos Portos do Paraná com o nome "PARATI" e descomissionada em 2017, após 20 anos de navegação contínua nas águas do litoral do Paraná.

Em 2018, foi batizada com o nome "ITIBERÊ", que significa em Tupi-Guarani "rio raso". O nome “Itiberê” é ainda muito ligado à História da Marinha do Brasil no Estado do Paraná. No dia 1º de outubro de 1853 o então Imperador do Brasil, Dom Pedro II, promoveu a criação da Capitania dos Portos do Paraná para o atendimento do Porto de Nossa Senhora do Rosário, situado às margens do Rio Itiberê, local onde a Marinha permanece até os dias atuais.

Foto: Colégio Militar de Curitiba

Da Assessoria da Capitania

Colunistas