Logotipo

Capitania dos Portos do Paraná conclui a seleção da primeira turma de Marinheiros Recrutas de 2019

11 de março de 2019

Cerca de 450 jovens de Paranaguá e região com idade para prestar o serviço militar participaram do processo

Compartilhe

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) concluiu a seleção de oito jovens de Paranaguá-PR que vão compor a primeira turma de Marinheiros Recrutas (MN-RC) do ano de 2019 para prestar o Serviço Militar Obrigatório (SMO). No domingo, 10, os jovens embarcam para a cidade de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, onde vão receber a formação militar-naval pelos próximos três meses no Núcleo de Formação de Reservista Navais (NFRN) do Comando do 8.º Distrito Naval (Com8.ºDN). Na sequência, eles regressam a Paranaguá para exercer as atividades como marinheiros na CPPR.

Turma inicial, com 22 jovens, realizou exames médicos e testes físicos, com corrida e natação, para a escolha dos oito integrantes da Turma I-2019 de MN-RC

Durante a formação, os Marinheiros Recrutas recebem instruções de marinharia, espírito cívico, história naval, treino físico e apreendem hierarquia e disciplina, os pilares das Forças Armadas. O início do curso marca a conclusão da seleção. Ao todo, cerca de 450 jovens de Paranaguá e região com idade para prestar o serviço militar participaram do processo. A primeira etapa de seleção separou duas turmas com 44 conscritos. A turma inicial, com 22 jovens, teve uma seletiva complementar com a realização de exames médicos e testes físicos de corrida e natação para a escolha dos oito integrantes da Turma I-2019 de Marinheiros Recrutas. A segunda turma de 22 conscritos passará também por um processo seletivo e outros oito jovens serão selecionados para realizar o curso de Formação de Reservista Naval no segundo semestre deste ano.

O Capitão dos Portos do Paraná, Capitão de Mar e Guerra Rogerio Antunes Machado, ressaltou que os oito que foram selecionados para prestar o Serviço Militar em Paranaguá vão receber uma formação diferenciada na Marinha do Brasil, que pode ser útil para suas vidas profissionais. “Os valores militares de hierarquia e disciplina marcam positivamente a formação de todos os integrantes das Forças Armadas. Os selecionados terão a oportunidade de prestar o serviço à Pátria e com a possibilidade de aprender algumas tarefas que podem ser úteis para a posterior entrada no mercado de trabalho. Encaramos com alegria e entusiasmo a contribuição para a formação cívica destes jovens”, afirmou.

Da Assessoria da Capitania

Foto: Capitania dos Portos do Paraná

 

Colunistas