conecte-se conosco

Litoral

Postos de guarda-vidas seguirão ativos no litoral até o dia 1.º de maio

Postos estarão ativos nos fins de semana e feriados em Pontal do Paraná, Guaratuba e Matinhos (Foto: Corpo de Bombeiros do Paraná/Verão Maior/AEN)

Publicado

em

Após fim da Operação Verão, Corpo de Bombeiros seguirá atuando

A operação Verão Maior, iniciada no litoral do Paraná em 20 de dezembro de 2019, será encerrada oficialmente no domingo, 1.º. Um dos focos principais da ação do Governo do Estado é a prevenção e atendimento aos banhistas nas praias e rios da região, evitando afogamentos e com acompanhamento contínuo do Corpo de Bombeiros do Paraná. Apesar do fim da operação, segundo o 8.º Grupamento de Bombeiros (8.ºGB) do Litoral do Paraná, postos de guarda-vidas em Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná seguirão ativos até 1.º de maio, em virtude das altas temperaturas e presença de moradores e banhistas nas praias, principalmente em fins de semana e feriados.

Segundo o 8.º GB, o efetivo diretamente empregado no serviço nas praias após o domingo, 1.º, será de 56 guarda-vidas. Postos estarão ativos em Pontal do Paraná nos balneários Ipanema, Santa Terezinha, Praia de Leste e Shangri-lá, em Matinhos em frente ao Sesc, no balneário Gaivotas, Trombeta e Riviera (Avenida Curitiba), e em Guaratuba nos balneários Caieiras, Barra do Saí, bem como no Centro e na Volta das Canoas.

"Temos uma configuração até o domingo, 1.º, de uma média de sete postos de guarda-vidas por município e um na Ilha do Mel, pois ainda estamos no final da Operação Verão. Depois deste período, somente nos fins de semana e feriados, até 1.º de maio, teremos uma média de quatro postos por município, entre eles Pontal do Paraná, Guaratuba e Matinhos, porque não haverá mais a Operação Verão, em que o Estado realizou um grande esforço em uma ampla operação militar, sem folga, sem férias, por isso conseguimos colocar grande efetivo durante a Operação Verão Maior", explica o comandante do 8.º GB, major Jonas Emmanuel Benghi Pinto.

Segundo o major, após o encerramento da Operação Verão Maior, os banhistas devem procurar os postos ativos pelo aplicativo Bombeiros Paraná, disponível para download gratuitamente no Google Play e APP Store, ou pela sinalização. “Essa medida é para que as pessoas tenham mais atenção e procurem se banhar somente nos locais onde houver a bandeira vermelho sobre amarelo”, acrescentou.

Segundo o comandante do 8.º GB, major Jonas Emmanuel Benghi Pinto, banhistas devem procurar os postos ativos pelo aplicativo Bombeiros Paraná ou pela sinalização na areia

Importância da manutenção dos postos

A porta-voz do Corpo de Bombeiros durante o Verão Maior 2019/2020, tenente Virgínia Turra, explica que a manutenção dos postos é importante e concede a possibilidade a moradores e turistas de ter locais seguros para o lazer, visto a ocorrência de feriados durante este período de calor e maior presença de banhistas nas praias, inclusive em fins de semana. “Entre 7 de março até o dia 1.º de maio teremos abertura dos postos de guarda-vidas todos os fins de semana e feriados, com uma média de 12 postos, quatro por município”, explica.

Áreas não protegidas

Segundo a tenente Turra, em áreas não-protegidas os turistas devem aproveitar a praia para outras atividades que não sejam o banho de mar. “Devem aproveitar a praia para jogar bola, ficar com a família, entre outras atividades na areia. Não tem problema adentrar para molhar os pés, mas nunca se deve adentrar para banho, para natação propriamente dita, deve sim permanecer em áreas muito rasas”, completa.

Como agir em caso de emergência

“Em caso de emergência, se você observar alguém se afogando, por exemplo, a primeira medida é ligar para o 193, a fim de acionar o Corpo de Bombeiros e repassar a ocorrência e, além de acionar o socorro, ela receberá algumas informações do que poderá fazer para ajudar. Não aconselhamos que a pessoa adentre e se exponha ao mesmo risco que o outro que está se afogando. Se tem alguém com dificuldade na água, a pessoa desequipada ou não treinada não deve se expor ao risco, pois ela pode se tornar mais uma vítima”, explica a porta-voz do Corpo de Bombeiros, esclarecendo que mesmo a pessoa que sabe nadar, não tendo o treinamento para salvamento, ela não está preparada para atuar na ocorrência dentro da água.

De acordo com a tenente Turra, há formas de os cidadãos ajudarem a vítima afogada sem se expor ao risco. “Por exemplo, alcançando objetos flutuantes para quem está se afogando, como boias, pranchas, pedaços de madeira ou isopor, garrafas PET vazias e fechadas, que podem ajudar na flutuação da pessoa que está se afogando. Ao alcançar este objeto a pessoa não deve se expor ao risco, ou seja, ela deve adentrar ao mar até em local seguro e aí sim jogar o objeto para quem precisa. Pode também se lançar objetos longos à vítima, como cabos, remos, cordas, enfim, itens que possam ser lançados de longe e ajudar a pessoa a se manter estável e a sair para uma área menos profunda, para dar pé e conseguir sair. É importante que tudo isso deve ser feito somente após o acionamento do Corpo de Bombeiros”, acrescenta.

Frio e redução de banhistas no litoral

Tenente Turra explica que banhistas não devem adentrar ao mar em áreas não-protegidas. Em casos de afogamento nesses locais, imediatamente o Corpo de Bombeiros deve ser acionado pelo telefone 193

“Nós temos um Estado localizado mais ao sul do País, em que temos uma frequência sazonal de turistas da nossa região, principalmente do litoral, devido às temperaturas e ao clima local. Temos estações do ano bem definidas, temos o inverno e boa parte da primavera fazendo frio, com temperaturas mais baixas, de forma que as pessoas não utilizam o litoral com o fim de banho de mar e lazer na água, o que faz com que não se mantenha a equipe completa da Operação Verão durante o ano todo por uma questão de que seria uma má aplicação de recurso”, acrescenta.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.