conecte-se conosco

Infraestrutura

Vandalismo prejudica manutenção de pontos de ônibus em Paranaguá

Ponto de ônibus na avenida Roque Vernalha teve os vidros quebrados recentemente

Publicado

em

Casos mais comuns envolvem quebras de vidro, furto de cobertura e depredação de assentos e lixeiras

O vandalismo é algo recorrente em Paranaguá, a quantidade de pichações em prédios históricos e a depredação de bancos, luminárias e outras estruturas que geram custos aos cofres públicos causam um grande prejuízo à cidade. Desde que foram instalados, os pontos de ônibus precisaram receber manutenção para troca de vidros, recolocação de bancos e limpeza. Recentemente, o ponto de abrigo localizado na Avenida Roque Vernalha teve os vidros quebrados, além de outros na cidade já registrarem pichações e ausência de bancos.

Apesar de a população perceber tais depredações, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu) informou que há registros de ocorrências referentes a vandalismo nos abrigos e pontos de parada de ônibus, mas salientou que nos últimos três meses tem sido verificada uma queda na depredação do patrimônio público. Ou seja, em períodos anteriores, a situação era pior que o observado hoje nos locais públicos.

Segundo a Semsu, os casos mais comuns nos pontos de ônibus são quebras de vidro, furto de cobertura e depredação dos assentos e lixeiras, que também são disponibilizadas nestes espaços. 

DENÚNCIAS

O canal direto para fazer denúncias sobre depredação de abrigos e pontos de parada é o (41) 3420-2918, pela ouvidoria, ou por meio do telefone (41) 3420-2918 – Departamento de Concessões e Permissões. Este tipo de denúncia não é muito comum segundo a Semsu, a qual informou que eventualmente recebe ligações, mas afirma ser de extrema importância a participação da população para inibir tais atos.

“Ao flagrar pessoas depredando patrimônio público, o cidadão pode acionar a Guarda Civil Municipal pelo telefone 153 para relatar o ocorrido”, destacou a Secretaria em nota.

Outro ponto de ônibus já teve os assentos retirados

CÂMERAS DE SEGURANÇA

Com câmeras de monitoramento em locais estratégicos em Paranaguá, como na Praça de Eventos Mário Roque e nas proximidades da Estação Ferroviária, a Secretaria Municipal de Segurança salientou que os atos de vandalismo geralmente não ocorrem em locais que contam com os equipamentos.

No entanto, um projeto do Conselho Comunitário de Segurança de Paranaguá (Conseg) pode contribuir para inibir o vandalismo. O Conselho propõe a instalação de outras 66 câmeras de monitoramento que devem ajudar o município tanto na questão do vandalismo como em outras que envolvem a segurança dos moradores.

“Estamos aguardando que o projeto do Conselho de Segurança seja colocado em prática para, somadas às já instaladas pelo município, possamos contar com um maior número de pontos monitorados, em especial onde são registradas ocorrências dessa natureza”, observou o secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva.

Depredações devem ser denunciadas à GCM pelo telefone 153

Continuar lendo
Publicidade

Em alta