Logotipo

Navio patrulha da Marinha atraca no Porto de Paranaguá

14 de janeiro de 2020

Embarcação é a primeira das Forças Armadas do Brasil a fazer procedimento de apoio no cais público paranaense em 2020 (Foto: Portos do Paraná)

Compartilhe

Atividades no litoral fazem parte da missão de fiscalizar o tráfego aquaviário

O Porto de Paranaguá recebeu na segunda-feira, 13, o Navio Patrulha Oceânica Amazonas (P-120), da Marinha do Brasil. A embarcação que atracou no berço 205 do cais comercial é a primeira das Forças Armadas do Brasil a fazer procedimento de apoio no cais público paranaense em 2020.

Desta vez, como a passagem é breve, o navio não foi aberto para visitação – o Oceânica Amazonas desatracou na terça-feira, 14. De acordo com a Capitania dos Portos do Paraná, o NPaOc Amazonas realiza patrulha, inspeção naval e ações de presença na área de fundeio na Barra de Paranaguá, acesso ao Canal da Galheta e ao Porto de Paranaguá. Além disso, vai apoiar o transporte de lanchas de patrulha naval entre organizações militares.

Em nota, a Marinha reforça que as atividades no litoral paranaense fazem parte da missão de fiscalizar o tráfego aquaviário, visando a resguardar os recursos do mar territorial, Zona Contígua e Zona Economicamente Exclusiva contra a ação de frotas pesqueiras estrangeiras atuando ilegalmente; contribuir para a segurança das plataformas de exploração de petróleo, contra ações de sabotagem; realizar patrulhas costeiras, visando ao controle do litoral e de áreas marítimas costeiras; e ações de busca e salvamento marítimo, sob responsabilidade do Salvamar Brasil.

Como a passagem é breve, o navio não foi aberto para visitação (Foto: Portos do Paraná)

 

Fonte: AENPR


Colunistas