Connect with us

Infraestrutura

Estação Ferroviária está na fase final de restauro

Prefeitura de Paranaguá afirma que cerca de 85% da obra já está concluída

Publicado

em

Um dos principais cartões-postais em Paranaguá, a Estação Ferroviária está em obras de restauro e quem passa pelo local já pode ver que o prédio está com um novo aspecto. A previsão é que as intervenções sejam finalizadas no local histórico até o dia 8 de abril, prazo de execução contratual.

Segundo a Prefeitura de Paranaguá, ainda não há data estipulada para a inauguração, mas os trabalhos estão bem avançados. Cerca de 85% da obra já está concluída. O investimento total é de mais de R$ 2,6 milhões na benfeitoria, sendo 67% dos recursos advindos do Governo Federal e 33% da Prefeitura de Paranaguá.

A prefeitura afirmou ainda, em nota, que foi possível preservar todas as particularidades históricas da edificação, algo que representa um desafio.

“As características arquitetônicas puderam ser mantidas, com tecnologias construtivas e materiais similares aos originais, de acordo com o projeto proposto e fornecido pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). O maior desafio em obras de restauro é definir o que se pode fazer sem criar falsificações, nem desrespeitar as características do edifício, bem como sua história”, afirmou a prefeitura.

Entre os diferenciais em relação ao edifício original, estão intervenções para atendimento das normas de acessibilidade. No entanto, a fachada não sofrerá mudanças. Ao longo dos últimos anos, a Estação Ferroviária ficou sem manutenção preventiva, o que ocasionou na queda de parte do telhado e da estrutura superior. A retomada dos trabalhos incluiu a recuperação do forro, paredes, assoalho, pintura, instalações elétricas e hidráulicas.

Utilização do espaço

Quanto à utilização do local como espaço cultural ou mesmo para o retorno dos passeios da Maria Fumaça, a Prefeitura de Paranaguá salientou que está em tratativas de algumas implantações, mas não adiantou novidades. Neste mês, o Governo do Estado anunciou que a Maria Fumaça irá realizar passeios diários no trecho entre Antonina e Morretes, casados com a descida do trem pela Serra do Mar, algo bastante comemorado e que gera também o questionamento sobre o retorno do passeio a Paranaguá.

Já foi cogitada, inclusive, a utilização do espaço como um centro comercial e gastronômico, atraindo, desta forma, os turistas de volta à Estação. Isso seria realizado através de uma parceria com a iniciativa privada.

Continuar lendo