Logotipo
Fábio Campana

Fábio Campana

Por Fabio Campana, colunista e jornalista político.

Compartilhe

Osmar fica no PDT

13 de março de 2018

Uma ala do PSB, liderada pelo deputado e líder do governo Richa, Luiz Cláudio Romanelli, não perdeu a esperança de convencer Osmar Dias a se enturmar com ela para disputar o governo. Osmar tem uma reunião marcada com a direção nacional do PSB amanhã. Mas, sem ilusões, ele já deu a resposta. Em entrevista ao jornalista Aroldo Murá, Osmar Dias foi definitivo. Sem titubear, afirmou: “Vou ficar no PDT, partido em que estou há 17 anos, presido no Paraná, e no qual tenho plena liberdade de ação, voz e poder de decisão. Não mudo de partido como quem muda de camisa”, disse.
Osmar também deixou claro que fará uma campanha de oposição ao governo. Morrem aí as esperanças de gente de alto coturno no PSDB, que sonha com a vice de Osmar. O caso mais notório é o do chefe da Casa Civil de Richa, Valdir Rossoni, que encontrou Osmar no último fim de semana em Francisco Beltrão.

Moro no Roda Viva


Na noite de 26 de março, estará no centro do programa Roda Viva o juiz Sergio Moro, em sua primeira entrevista ao vivo concedida a uma emissora de TV. O juiz vai conversar durante 90 minutos com cinco jornalistas. Este será o último programa sob a direção do jornalista Augusto Nunes.

Surto em Requião 


Rodrigo Maia informa que amanhã será instalada a comissão especial para tratar do projeto de privatização da Eletrobras. O senador Requião ao saber disso terá achaques nacionaleiros, urticária, erisipela e um surto de cólera a provocar brados que serão ouvidos de Montevidéu a Brasília. Para o PT, mais uma oportunidade de dizer que houve golpe que um dos objetivos era esse, privatizar a Eletrobras.

Gleisi admite, pela primeira vez, que Lula pode ser preso


A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, divulgou um vídeo pelo Facebook em que falou pela primeira vez sobre a provável prisão do ex-presidente Lula, condenado pelo Tribunal Federal Regional (TRF-4) a 12 anos e um mês no processo sobre o tríplex do Guarujá. A senadora diz que a prisão do petista será o maior atentado à democracia no Brasil, conclama militantes a fazerem campanha contra e afirma que o PT “vai com Lula até as últimas consequências”. As informações são de o Globo.