Logotipo

Seleto coloca mais um jogador na base do América Mineiro

13 de março de 2019

Igor do Rosário Barbosa Cordeiro, de 15 anos, passou a integrar a categoria de base do clube mineiro.

Compartilhe

Mais um jovem jogador de futebol de Paranaguá vai passar a integrar os times da categoria de base do América-MG, clube da segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Depois do goleiro Guilherme Gabriel, que foi efetivado na categoria juniores do clube mineiro, agora foi a vez do meio-campo Igor do Rosário Barbosa Cordeiro, de 15 anos.

Assim como Guilherme, Igor pertencia ao Seleto do empresário Emar Chaves, que o levou para a realização de testes em diferentes clubes do Brasil, como o Grêmio. No entanto, Igor foi aprovado no América Mineiro onde fará parte do time juvenil.

O jogador conseguiu ser aprovado após fazer boas apresentações na Copinha Sub-14 em São Paulo, quando jogou contra times como São Paulo, Santos, Red Bull e Corinthians. “Estamos muito felizes em saber que os nossos meninos do Seleto estão conseguindo ser aprovados em grandes equipes do futebol Brasileiro”, disse Emar Chaves, que está à frente do Seleto juntamente com os professores Eduardo Apolinário e Luzo.

 

CELEIRO DE TALENTOS

Ao emplacar mais um jogador nas categorias de base de grandes clubes do País, o trabalho do Seleto se mostra um dos mais eficientes em termos de valorização de atletas da base.

Isso porque com Igor já são quatro jovens jogadores que saíram do Seleto para brilhar em outros grandes times no futebol brasileiro.

A lista já possui Matheuzinho (ex-Santos); Gabriel Messias (que desde 2016 está no Grêmio); Guilherme Gabriel e Igor do Rosário (América Mineiro).

 

CALENDÁRIO DE COMPETIÇÕES

Como forma de colocar seus jogadores em destaque para observadores de outros clubes do País, o Seleto já definiu a participação em três competições neste ano de 2019. São elas: entre abril e maio na cidade de Balsa Nova; em Santa Catarina ou em São Paulo, no mês de julho; além de outra competição em Balsa Nova entre os meses de outubro e novembro.

Para fechar o calendário, em dezembro de 2019 ou janeiro de 2020 existe a possibilidade de uma competição ser disputada pelo Seleto em São Paulo ou em Santa Catarina.

“Atualmente contamos com cerca de 60 atletas e faremos o possível para que o futebol de cada um deles seja visto em competições onde os olheiros da base estarão presentes”, afirmou Chaves.

Colunistas