Logotipo

Parnanguara que comanda seleção da Costa Rica vem ao Brasil para competição 

30 de janeiro de 2019

Jeff está à frente da seleção costarriquense há 4 meses

Compartilhe

No dia 5 de fevereiro, o parnanguara Jefferson (Jeff) Martins retorna ao Brasil, mas não é de férias. O  “bagrinho” vem à frente da Seleção da Costa Rica de Beach Soccer para participação de um torneio internacional, que será realizado na cidade de Floresta no Rio Grande do Norte, de 8 a 10 de fevereiro.

 

Jeff com o preparador físico, professor Ariel

“Nossa preparação tem sido feito com muitos critérios no sentido físico, tático e psicológico. Assumimos uma seleção que veio de resultados negativos então tenho a missão de reconstruir, hoje temos cinco jogadores Sub-20, e isso causou espanto na imprensa local, mas creio que seja o caminho, pois precisamos de velocidade. Estamos indo para o Brasil focados para uma grande apresentação, ano passado foram cinco jogos e cinco vitórias e, em nome de Jesus Cristo, será muito positivo”, destaca Jeff, enfatizando que será um grande desafio. “América de RN do André Bigode, Dunga, Canela é uma das equipes que vamos enfrentar, e duas Seleções de Avelino e Floresta que tem muitos grandes nomes que praticam Beach Soccer, pois somos conhecedores da forte qualidade que o Nordeste tem na modalidade”, completa.
O treinador fala das saudades da terrinha. “São quatro meses aqui na Costa Rica, o meu contrato foi estendido para oito meses. Costa Rica é um País sensacional, sou muito bem tratado. Aqui é maravilhoso, mas a saudade da minha terrinha é grande, dos amigos e da família, mas são coisas da profissão”, destaca Jeff, enfatizando que está feliz em saber que Paranaguá hoje é referência para os praticantes no litoral. “Temos equipes surgindo e treinando e, de fato, estar aqui já é motivo de muito orgulho, sendo o primeiro treinador da história da modalidade do Sul do Brasil a se tornar profissional e está à frente de uma seleção”. 


Em fevereiro Jeff assume a Seleção Sub-20 da Costa Rica. “A responsabilidade aumenta, será dupla. Meu trabalho é muito valorizado e admirado aqui, então agora o foco é total na missão e quando voltar para as férias no Brasil meu sonho é levar medalha de campeão da Concacaf. Não posso esquecer de agradecer o apoio da família e dos amigos, e o meu muito obrigado a  vocês da Folha do Litoral News”, agradece Jeff. 

 

Cartaz do evento


Colunistas