conecte-se conosco

Esportes

Confronto na categoria K1 mesclará experiência com juventude em luta profissional de alto nível

LITORAL FIGHT COMBAT 2018

Publicado

em

 

A organização do Litoral Fight Combat (LFC), evento que chega com o objetivo de revelar novos talentos e demonstrar potencial de Paranaguá e do litoral no Mixed Martial Arts (MMA) e nas artes marciais, anunciou uma das lutas do card principal do evento, que ocorrerá no dia 7 de julho, no Ginásio de Esportes Dr. Joaquim Tramujas, em Paranaguá. Na categoria K1 profissional, voltada ao Kickboxing, no card principal, Rodrigo Teixeira, de 41 anos, da Teixeira Team, de Guaratuba, enfrentará Alexsanderson Santos, de 22, da Academia Bambukay, de Morretes, mesclando juventude e experiência em um combate que promete ser de muita técnica e garra.

Rodrigo Teixeira, de 41 anos, e Alexanderson Santos, de 22, prometem combate com respeito mútuo e muita técnica na categoria até 70 kg

 

"Realizamos esta luta entre Rodrigo Teixeira com o Alexanderson Santos, mesclando a experiência com a juventude. É uma junção perfeita dentro do nosso trabalho no K1. O Alexanderson é novo, mas já conta com vários títulos, e o Rodrigo possui vasta experiência e é líder da equipe em Guaratuba. É a cereja do bolo do nosso evento", explica Hélio Alves, promotor e manager do LFC. "Concederemos mais de 50 dias de treino para os lutadores, quando alguns eventos chamam os atletas na segunda-feira para lutar no sábado. O nosso foco é preparar os dois, lá em cima não existe título e idade, são dois lutadores de alta qualidade, sérios e do bem que se enfrentarão", complementa.

Hélio Alves, promotor e manager do LFC

O lutador Rodrigo Teixeira, campeão da Copa Paraná e cinturão do Apocalipse, entre outros títulos, treinado pelo mestre Rafael Teixeira da Teixeira Team, afirma que possui a academia que representa em Guaratuba há mais de 10 anos e que desde os 38 está competindo, mas com a expectativa de parar pela questão da idade, porém treinando fortemente e em alta performance. "A expectativa é a melhor. Vou me preparar em Guaratuba e em Curitiba, na Arena, com o mestre Rafael Teixeira, para aumentar o card e acompanhar ritmo do adversário mais jovem. Estou preparado em termos de força e qualidade técnica", destaca, ressaltando que está acostumado a lutar com oponentes jovens.

Alexanderson Santos, campeão brasileiro e sul-brasileiro de K1, treinado pelo mestre Lindomar do Santos Cordeiro da Academia Bambukay, ressaltou que é uma honra lutar contra Rodrigo Teixeira, com nome consolidado em toda a região, destacando que ficou parado por cerca de um ano e que será um prazer voltar a lutar em um grande evento no litoral. "Não é fácil lutar com cara experiente, ele possui bagagem imensa. Nunca perde o ritmo, perde só um pouco da idade. É a primeira vez que vou lutar em Paranaguá neste mega-evento, que vai abrir portas para outros ainda maiores", destaca. Ainda de acordo com ele, seu preparo será em Morretes, na casa na sua academia, com muito comprometimento e garra.

Ambos os lutadores elogiaram o Litoral Fight Combat, destacando o apoio necessário aos atletas de MMA e de artes marciais da região, a oportunidade de revelar novos talentos litorâneos e a certeza de "casa cheia" no dia do evento. "Vale a pena comparecer, haverá atletas de renome e novos talentos. Prestigiem, o que faz acontecer estes eventos é o público. Serão atletas e organizadores locais, e não de fora, prometemos dar o máximo e estar na ponta dos cascos", destaca Rodrigo. "Que todos venham ao evento, não só para ver os atletas, mas para entender que por trás de todo combate, há muito trabalho e treino para que a luta ocorra", finaliza Alexanderson.

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta