conecte-se conosco

Natal 2020

Mães relatam como será o primeiro Natal dos filhos em meio à pandemia

Ravi e Beatriz chegaram ao mundo trazendo amor às famílias

Publicado

em

Mães relatam como será o primeiro Natal dos filhos em meio à pandemia

Para a maioria das pessoas, o Natal neste ano será bem diferente. A pandemia de Covid-19 trouxe desafios jamais imaginados, principalmente nesta época em que é comum reunir a família, realizar a tradicional troca de presentes e rever pessoas queridas que há tempos não se via. Apesar de privados dessa comemoração tradicional, o Natal mantém seu significado, ainda mais quando se tem um integrante novo na família.

A chegada de um bebê traz felicidade e, neste momento, ajuda a renovar as esperanças de que uma nova realidade está por vir em 2021 com a chegada da tão esperada vacina e imunização da população. Essa nova geração terá muito o que contar para as próximas.

Foto: Raquel Fangueiro

Mãe de Ravi, de quatro meses, Frantcheska Benvenutti conheceu a maternidade neste ano de pandemia. O Natal, apesar de diferente, não deixará de ter motivos para celebrar.

“Será um Natal atípico, pois teremos que passar distante das pessoas que amamos, mas com certeza será muito mais reflexivo e de muita gratidão, pois será o primeiro Natal ao lado do nosso filho, e com muito agradecimento por estarmos todos  saudáveis”, disse Frantcheska.

Segundo ela, o medo da doença gerou muita insegurança. “A primeira sensação foi de insegurança, pois lidamos com um vírus desconhecido, mas ao mesmo tempo nos sentimos muito abençoados por ter conseguido passar por isso vendo nosso filho nascer e permanecer com saúde mesmo em uma situação desfavorável no momento”, afirmou a mãe.

Ela aguarda por um Natal de renovação. “Espero que seja um Natal de renovação, principalmente da consciência das pessoas para com o próximo, e que possamos redobrar nossa fé para que o mundo realmente se torne melhor com a nova geração de crianças que foram geradas nesse momento de pandemia”, declarou Frantcheska.

A lembrança que ficará deste momento, conturbado devido à pandemia, mas também muito feliz pela chegada de um filho, é de esperança de reavivar o verdadeiro simbolismo do Natal. “Espero conseguir passar para o meu filho o verdadeiro significado do Natal, que essa data não é baseada somente em festas e presentes, mas sim na presença de Jesus em nossas vidas e no valor de estarmos em união com nossa família”, destacou a mãe do Ravi.

Beatriz também chegou em 2020

Foto: Simony Uetaqui

Mãe de Laura, de 4 anos, e de Beatriz, de dois meses, Luize Moura, disse que apesar de ser um ano de tristeza para o mundo, este Natal será especial para a sua família.

“Nossa família aumentou, além da Laurinha, o nosso pacotinho de amor está entre nós. Celebraremos a vida, assim como o real significado do Natal! Deus nos enviou a Beatriz para completar nossos corações com mais alegrias e amor, então temos que agradecer e comemorar a vida”, afirmou Luize.

A união familiar e a esperança, atributos tão necessários nos últimos meses, são prioridades para a mãe Luize. “Minha família sempre foi prioridade, e agora com a pandemia, vivemos ainda mais unidos. Passamos a valorizar mais os momentos só nossos. Eu busco sempre a harmonia aqui na nossa casa, porque isso cultiva o amor. Essa época do ano é mágica, porque o espírito natalino nos traz esperança de dias melhores, então nós devemos comemorar, mas tomando os cuidados devidos, faremos uma reunião bem familiar”, contou Luize.

Foto: Simony Uetaqui

Ela também destacou a importância de transmitir o real significado da data. “Eu explico o real significado para a Laurinha, que já entende o nascimento do menino Jesus, que veio representar Deus na terra, e com Ele a bondade e generosidade foi apresentada para todos nós. O Natal é um marco na vida das crianças, para a Laura não é diferente. Ela espera o Papai Noel com presentes e acredita que, por ser uma boa menina, será recompensada”, completa Luize.

Leia também: Famílias improvisarão reuniões intimistas no Natal da pandemia