conecte-se conosco

Ano Novo 2022

Harmonização: a arte de combinar bebidas e pratos

Alexandre Tavares de Andrade, sócio-diretor da Rosibrás Atacadista, deixa algumas dicas de harmonização para as festas de final de ano

Publicado

em

Uma das principais dificuldades na hora de elaborar o cardápio para a Ceia de Ano Novo é o de fazer a combinação equilibrada entre pratos e bebidas. É através da harmonização que se busca o alinhamento entre um prato e um determinado tipo de bebida, sem a possibilidade de um cobrir o paladar do outro.

O sócio-diretor da Rosibrás Atacadista, Alexandre Tavares de Andrade, fala como nasceu a tradição de estourar um espumante no final de ano. “Junto com o pular sete ondinhas, comer lentilha, comer as sementes da romã, temos o celebrar com um bom espumante, e por que não um verdadeiro Champagne? O ato de estourar a garrafa na virada do ano é um costume enraizado na cultura mundial. O espumante tem toda uma característica festiva, já que a rolha “estoura” e o líquido flui e esse “estouro”, além da bebida, é um símbolo de celebração. Todos escutam e se envolvem naquele instante. Ano Novo, como o próprio nome sugere, é um novo nascimento, e “batizá-lo” com o champanhe parece ser um meio de colocar todos ao som de boas vibrações”, destaca Alexandre, que é um grande conhecedor da área.

Mas antes de falar na harmonização, é preciso conhecer as diferenças de sidra, filtrado, espumante, frisante e champagne. “Sempre há confusão sobre esse tema. A sidra é uma bebida preparada com sumo fermentado de maçã ou de pera. O filtrado é uma bebida proveniente do mosto de uva, parcialmente fermentado ou não, podendo ser adicionado de vinho de mesa. Ele não é considerado vinho, porque este é exclusivamente a bebida oriunda da fermentação da uva sã, fresca e madura. Além disso, tem uma graduação alcoólica bem baixa, de no máximo 5% em volume. O espumante também elaborado com uvas, tem como base um vinho já fermentado. A partir disso, ele passa por uma segunda fermentação natural, ou dentro de sua própria garrafa. Nessa etapa, o resultado é a aparição natural de gás carbônico, que confere a gaseificação e espuma da bebida. E nossos espumantes brasileiros têm feito bonito lá fora, ganhando prêmios atrás de prêmios. O vinho frisante também conta com gás carbônico em sua composição, porém, ele é adicionado artificialmente. O resultado é uma bebida sem espuma e menos gaseificada do que o espumante, diga-se de passagem, esse é um item que se encontra no Top 5 de vendas aqui na Rosibrás. O champagne é um vinho branco espumante, produzido na região de Champagne, nordeste da França, através da fermentação da uva fermentação natural exclusivamente dos tipos Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay. A palavra “champagne” apenas pode ser utilizada nos vinhos originais da região. Qualquer vinho semelhante, mesmo produzido pelo método champanhês em outros locais ou países só pode apelidar-se de “espumante” e nunca “champagne”, detalha Alexandre. 

E qual a temperatura correta para servirmos o espumante? Alexandre recomenda de 5 a 10 graus. “Sempre recomendo esta temperatura, nunca mais quente que isso, pois os espumantes suaves acabam com o dulçor muito presente e os secos com o álcool em evidência, a bebida deve estar no “equilíbrio” correto”, destaca o diretor, que também explica o que combinam com os espumantes. “Olha o espumante é meio “coringão”, eu gosto muito com petiscos, salgados e fritos, camarão empanado, até batatas fritas”, comenta.

Questionado quanto às dicas de harmonização para as festas de final de ano, Alexandre apresenta algumas combinações. “Como falei anteriormente, para os canapés de entrada, os espumantes são uma boa pedida ou até um bom vinho branco da uva Sauvignon Blanc. Eu iria de Miolo Cuvée Demi-sec ou Brut Rosé. Se o prato principal for o Peru é uma carne mais leve, com menos gordura. Pede vinhos brancos secos como Chardonnays encorpados, aqui eu escolheria Alamos Chardonnay, um ícone argentino, ou tintos como Pinot Noirs com taninos médios, no caso sou fã dos Pinot Noirs franceses. Já para harmonizar com pernil suíno, um tinto frutado e com acidez ajuda a equilibrar a gordura da carne: um Zinfandel californiano sedoso e aveludado é ótima pedida”, destaca.

“Se na sua família não abrem mão de um bom churrasco, os escolhidos são os espanhóis Tempranillo ou ainda o bom Malbec, sou fã de um Malbec excelente custo benefício chamado “Hormiga Negra”, comenta Alexandre, que também destaca vinhos indicados para acompanhar a sobremesa. “Em relação às sobremesas, doces com frutas pedem um espumante. Não tem como errar na opção. Mas chocolate exige um certo cuidado, prefira um vinho fortificado e doce, como um Porto português ou um Banyuls francês. Já pudins ou outras sobremesas à base de leite combinam com vinhos de colheita tardia”, comenta.

Quanto a outras dicas, Alexandre elenca algumas sugestões: “A principal dica é: se beber não dirija! Outra dica de ouro é intercale uma taça de vinho com uma taça de água. Sempre sirva a bebida na temperatura indicada, pois você aproveitará mais da bebida. Também sempre me perguntam sobre a quantidade de bebidas em eventos, calcule uma garrafa a cada 4 pessoas em média. E não canso de dizer, o melhor vinho é o que você gosta, é o vinho que você bebe com amigos e familiares e o que te faz feliz!”, externa Alexandre. 


Mensagem aos clientes

“O fim do ano é sempre um bom momento para pensarmos um pouco sobre a vida, principalmente em mais um ano de pandemia, lembrar das maravilhas que temos a agradecer e também de tudo aquilo que nunca mais voltaremos a fazer. Toda nova etapa deve ser comemorada, ganhamos uma ótima oportunidade de eliminar tudo que já não traz felicidade para nossas vidas e assim obtemos mais espaço para vivermos novas alegrias! Vamos nos cercar de pensamentos positivos e continuar a dar o nosso melhor sempre que possível. Que este novo ano chegue primeiramente com muita saúde e coragem, pois assim já temos o suficiente para conseguirmos todo o resto. Um Feliz Ano Novo”,

Alexandre Tavares de Andrade, sócio-diretor da Rosibrás Atacadista


Aqueles que tiverem dúvidas quanto a qual bebida escolher, a Rosibrás oferece uma consultoria especializada que ajuda os consumidores a fazer a melhor escolha que se harmonize com o seu cardápio.