conecte-se conosco
Foto: Pixabay

Ano Novo 2022

Especialista em finanças indica o caminho para cuidar do dinheiro em 2022

Um bom começo é reunir faturas e extratos e analisar receitas e despesas

Publicado

em

A especialista em finanças, Nathalia Arcuri, conhecida pelo canal Me Poupe! no YouTube, deu algumas dicas em suas redes sociais para organizar a vida financeira e começar o ano de 2022 mudando alguns hábitos. Com as recomendações, ela tem como objetivo ensinar as pessoas a cuidarem melhor do seu dinheiro.

Há dois caminhos, de acordo com a especialista, o primeiro é continuar fazendo o que todo mundo faz e ter os mesmos resultados que todo mundo. O segundo é aprender a cuidar do seu dinheiro e a fazer ele trabalhar para você com as oportunidades que estão surgindo na renda fixa e na renda variável.

“No segundo você vai precisar estudar, aprender, se esforçar, mas vai chegar onde quiser muito antes do que você imagina. Eu nunca vi alguém que tenha escolhido o segundo caminho e não chegou onde queria. É uma questão de estatística”, ressaltou Nathalia.

Segundo ela, é preciso começar por reunir as faturas e extratos dos últimos três meses e analisá-los, tentando tirar o máximo de informações como gastos fixos, gastos essenciais e os que podem ser evitados.

Depois, ela recomenda avaliar a renda e a receita mensal. Se ela variar, no caso de um trabalhador autônomo, por exemplo, pode considerar uma média obtida em 2021, somando toda a renda do ano e dividindo por 12. Desta forma, pode usar esse valor como referência para o ano de 2022.

Após esses passos, é preciso detalhar as despesas, separando o que é essencial, quais são as despesas fixas, as variáveis e o mais importante: quais podem ser reduzidas ou eliminadas. Se a conta não fechar, ou seja, se as receitas não estiverem cobrindo as despesas e nem sobrando para investir, é preciso reavaliar.

Para Nathalia, o ideal é multiplicar o total de ganhos por 0,3 para chegar ao valor do quanto precisa separar para investir. Em seguida, estipule quanto precisa ganhar, considerando renda extra, aumento e novas atividades. Quanto aos gastos mensais, estipule quanto irá conseguir reduzir de acordo com a lista de despesas. E, ao final, analisar quanto poderá separar para os investimentos, que, segundo a especialista, não podem ser deixados de fora.

“Pode caprichar na roupa amarela para o Réveillon, mas lembre que o dinheiro vem mesmo do que você faz nos outros 364 dias”, disse a especialista.

Com informações de @nathaliaarcuri