Logotipo

Presidente da AESP fala sobre os preparativos para o desfile das escolas de samba

13 de janeiro de 2019

Melissa Martins assumiu a presidência da AESP em outubro

Compartilhe

Cinco agremiações estarão na avenida este ano

Desde outubro do ano passado, a Associação das Escolas de Samba de Paranaguá está de cara de nova. A parnanguara Melissa Elias Martins, de 40 anos, assumiu a presidência através de uma eleição que reuniu representantes de todas as agremiações.

Apaixonada por Carnaval, ela sempre esteve envolvida com os desfiles de escolas de samba, seja em Paranaguá ou no Rio de Janeiro, onde residiu por alguns anos. Filha de Valmir Martins e Rose Elias, mãe de três filhos e sobrinha do saudoso prefeito José Vicente Elias, Melissa tem uma história de vida ligada com a cidade natal.

É sobre sua vida ligada ao Carnaval e os trabalhos na AESP que ela fala nesta entrevista. Confira:

 

Folha do Litoral News: Quando iniciou o seu envolvimento com o Carnaval?

Melissa: Em 1985, oficialmente no desfile do Junqueira eu tinha 7 anos e já vivia no mundo do Carnaval. Meus pais eram envolvidos e aos 7 anos desfilei em um carro-alegórico do Junqueira com maiô bordado à mão, pois naquele tempo era tudo feito manualmente com lantejoula e ladrilho. Desfilei por 15 anos direto. Mais tarde casei e fiquei um tempo fora da cidade, morei no Rio de Janeiro e lá continuei meu envolvimento com o Carnaval. Ao retornar a Paranaguá, participei das escolas de samba Acadêmicos do Litoral e depois entrei no Filhos do Cartolas e, com isso, aumentou minha vontade de poder ajudar o Carnaval de Paranaguá.

 

Folha do Litoral News: Qual é a importância do desfile das escolas de samba para Paranaguá?

Melissa: O desfile em Paranaguá é tradicional, iniciou como bloco e ao longo do tempo foi se desenvolvendo e hoje temos as escolas de samba. Atualmente pessoas de outras cidades vêm nos visitar durante esse período e podemos dizer que é um atrativo turístico. A ideia é justamente essa, que o evento traga turistas para a cidade, pois a alegria está garantida. É uma tradição que ajuda a fortalecer a cultura popular, cultura da cidade e também aquece a economia local. Hoje temos orgulho em poder dizer que o Carnaval de Paranaguá é o melhor do litoral.

Registro do desfile de 2017 no Carnaval parnanguara

Folha do Litoral News: Em dois meses frente à Associação das Escolas de Samba de Paranaguá, quais as atividades realizadas?

Melissa: Eu assumi a presidência da associação após a eleição do dia 6 de outubro. Após três meses de gestão, tive alguns momentos críticos, mas que fazem parte do trabalho, como a finalização de prestação de contas e também a reestruturação da Aesp. Atualmente a Associação está com tudo correto. Temos um convênio com a prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo, com o secretário Canela, que muito nos apoia. Pretendemos fazer o melhor Carnaval e estamos no caminho certo. Como exemplo, podemos citar as oficinas de Carnaval que aconteceram no fim de semana e foram muito bem-sucedidas.  Vontade de trabalhar não falta.

 

Folha do Litoral News: Como é presidir uma entidade que congrega agremiações carnavalescas? Qual o maior desafio?

Melissa: É um aprendizado constante. Tive quase nove anos trabalhando na Secretaria Municipal de Saúde e, quando lidamos com pessoas, trabalhamos também com sentimentos e sensibilidade. Trabalhar com as agremiações entre filiadas da Aesp é uma lição de amor ao Carnaval, é uma troca de informações e uma troca de aprendizado com quem ama o Carnaval, simplesmente porque a gente participa um pouco de cada agremiação. Nós trabalhamos com a parte da administração e coordenação e devemos incentivar as agremiações e apoiar em qualquer sentido. É um desafio que estou encarando com amor e responsabilidade.

 

Folha do Litoral News: Qual é a sua expectativa para o desfile das escolas de samba deste ano?

Melissa: É a melhor possível, porque estamos empenhados nesse propósito e as escolas de samba também estão engajadas e trabalhando para fazer o melhor possível. O Carnaval de Paranaguá continua sendo o melhor Carnaval do litoral e sendo assim espero um desfile saudável com apoio da prefeitura e da Secretaria de Cultura e Turismo. Pretendemos realizar um Carnaval muito alegre para Paranaguá, estamos sempre incentivando as agremiações a produzirem o material aqui em Paranaguá, incentivamos as comunidades para que participem de suas agremiações. Quero que cada pessoa que esteja na avenida possa dizer eu participei nessa pintura, eu colei essa lantejoula eu ajudei a fazer esse carro-alegórico, isso é união e Carnaval sem união não é Carnaval. Neste ano, teremos cinco escolas de samba desfilando, sendo que todas irão apresentar os sambas enredos no dia 27 de janeiro em um evento que contará com a presença do Mestre Penha, do Rio de Janeiro. A festa vai ser aberta ao público com participação das baterias e casais de mestre-sala e porta-bandeira. Também estamos organizando o concurso do cortejo real para o mês de fevereiro que será juntamente com o concurso Gala Gay, que estará retornando após cinco anos. 

 

Folha do Litoral News: O que  falta para que o Carnaval de Paranaguá melhore ainda mais?

Melissa: O Carnaval de Paranaguá é muito bom, sendo  considerado o melhor do litoral e para que a gente possa evoluir cada vez mais a gente precisa agregar mais a população. Temos muitas pessoas na cidade que gostam de Carnaval e eu gostaria muito de poder ver hoje as famílias permanecendo do começo ao fim torcendo pela sua agremiação na Avenida do Samba. Nós teremos algumas novidades este ano, tanto de estrutura pela prefeitura e pela Secretaria de Cultura e Turismo quanto pela Aesp. Essas novidades estão diretamente ligadas ao público, são pequenas novidades que farão com que o público tenha orgulho, segurança e possa vibrar do começo ao fim no momento da passagem das escolas de samba.


Colunistas