Connect with us

Entrevista

Coordenador do PROERD no litoral celebra formação de 2,4 mil jovens em 2019

Sargento Elias do Nascimento destaca importância do programa e da educação para formar cidadãos e combater o problema das drogas e da violência na sociedade

Publicado

em

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) é desenvolvido em todo o País e pela Polícia Militar do Paraná (PMPR) em todo o Estado, iniciativa já consolidada com foco na utilização da educação como forma de mudanças sociais e combate à violência e à drogadição. É válido ressaltar que a iniciativa foi iniciada no Paraná no litoral, mais precisamente em Matinhos, no ano de 2000, contemplando sete escolas municipais, utilizando, como ocorre no PROERD, a base original do programa americano denominado de Drug Abuse Resistance Education (DARE). 
O coordenador do PROERD no litoral do Paraná, 3.º sargento Elias do Nascimento, é também mentor da iniciativa e destaca a importância do programa de prevenção primária que aborda sobre os malefícios das drogas, situações de risco, pressão dos colegas, tensão, comunicação confiante e bullying. Em 2019, cerca de 2,4 mil jovens foram formados pelo PROERD na região, sendo que em 2020 a meta é alcançar 100% dos alunos dos quintos anos das redes municipais de ensino, bem como ampliar a iniciativa em escolas particulares. Confira a entrevista: 

Folha do Litoral News: Qual a importância do PROERD como forma de combate e prevenção às drogas e à violência entre crianças e jovens do litoral do Paraná? 

Sargento Elias: O PROERD é o mais importante programa de prevenção primária atuante no Brasil, criado em 1983 em Los Angeles – EUA, vindo em 1992 para o Brasil através da Polícia Militar do Rio de Janeiro. No Paraná, o projeto chegou no ano de 2000 através da cidade de Matinhos. A iniciativa é muito importante devido à aplicação do programa que aproxima a polícia das crianças, passando assim conhecimento e estratégias para recusar o oferecimento de drogas e a prática de violência, sendo desenvolvido em 10 lições.

Folha do Litoral News:  Como é desenvolvido o programa nas salas de aula durante o ano todo? 

Sargento Elias: Aplicamos em 10 lições num trimestre do ano letivo, quando ensinamos os malefícios das drogas, situações de risco, pressão dos colegas, comunicação confiante e bullying. Todos este trabalho é fechado com uma formatura geral do PROERD. 

Folha do Litoral News: Em 2019, em quais municípios do litoral houve atuação do PROERD e quantos jovens foram alcançados com a iniciativa? Qual a importância da educação como forma de redução da criminalidade?

Sargento Elias: Estão sendo realizadas formaturas do PROERD neste final de ano nos municípios de Paranaguá, Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. Ao todo, a iniciativa alcançou neste ano, 2.400 crianças do litoral do Paraná. Para acabarmos com as drogas não adianta apenas prender traficante, pois logo tem outro em seu lugar, mas quando educamos as crianças a não usarem drogas e acabamos com os consumidores acabamos com o tráfico e, consequentemente, diminuímos os índices de criminalidade. Importante destacar também que o PROERD funciona através de uma parceria entre a PMPR e as prefeituras através das secretárias de educação dos municípios por meio de convênios. 

Folha do Litoral News: Estão sendo realizadas formaturas do PROERD em quais municípios da região? Qual a importância da formatura para os jovens, educadores e para a Polícia Militar? 

Sargento Elias: Estão sendo realizadas formaturas do PROERD neste final de ano nos municípios de Paranaguá, Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. A formatura é a coroação do esforço desprendido durante o curso e fechamento daquele ciclo de aprendizado. 

Folha do Litoral News: Qual é o planejamento do PROERD para 2020 no litoral do Paraná? 

Sargento Elias: Em 2020 queremos alcançar 100% dos alunos dos quintos anos das redes municipais de ensino e algumas escolas particulares. Realizaremos uma atuação com cinco instrutores no litoral do Estado, levando a prevenção de forma lúdica e aproximando a criança da PMPR para terem uma vida mais feliz, sem drogas e de bem com a vida. Agradeço e registro a atuação dos instrutores do PROERD em Paranaguá que são os policiais Modesto, Suelen e cabo Varela, sendo que em Matinhos e em Pontal do Paraná a instrutora é a policial Juliana. Além disso, exerço a função de mentor no PROERD, que concede aulas do programa nas escolas e forma novos instrutores no litoral. Por fim, deixo o ensinamento da Bíblia no Provérbios 22:6, que diz: “Ensina a criança o caminho que deve andar e mesmo velho não se desviará dele”. 

Continuar lendo