Logotipo

Juíza eleitoral e órgãos de segurança fazem balanço das eleições

09 de outubro de 2018

Paranaguá encerrou a apuração por volta das 20h

Compartilhe

No domingo, 7, ao término das eleições e da apuração dos votos dos parnanguaras, o Fórum Eleitoral de Paranaguá avaliou como positivo todo o processo. No decorrer do dia das eleições, a Polícia Militar e representantes da Justiça Eleitoral registraram algumas ocorrências, mas nada que atrapalhasse o cidadão de exercer o seu voto.

A juíza eleitoral de Paranaguá, Pamela Dalle Grave Flores Paganini, afirmou em coletiva de imprensa, por volta das 20h de domingo, 7, que 100% das urnas no município haviam sido apuradas. “As eleições foram relativamente tranquilas, tivemos algumas intercorrências em relação à boca de urna e algumas questões de transporte de eleitor”, relatou a juíza.

Paranaguá ainda registrou, em alguns locais, derramamento de “santinhos”, prática considerada crime eleitoral. “Tudo será apurado. Tivemos também algumas denúncias, fomos atrás de algumas ocorrências. Imagino que a chuva tenha atrapalhado um pouco, porque os eleitores deixaram para votar no final do dia e isso acabou atrasando a apuração”, complementou a juíza.

SEGURANÇA

Segundo o comandante do 9.º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Rui Noé Barroso, as eleições foram tranquilas. “Tivemos um total de 11 ocorrências policiais em todo o litoral, seis foram em flagrante, sendo uma em Paranaguá, uma em Antonina e uma em Pontal do Paraná, totalizando seis pessoas presas. Nos demais tivemos dez encaminhamentos que resultaram na lavratura de quatro termos circunstanciados. Diante dessa análise, felizmente, podemos atribuir um saldo positivo”, destacou o comandante.

Todas as urnas e demais materiais utilizados durante as eleições retornaram para o Fórum Eleitoral. Todo o processo foi acompanhado pela Polícia Militar. “Fizemos a escolta das urnas, a PM permaneceu nas urnas para situações relacionadas a possíveis comemorações. O trabalho continuou no sentido de garantir a segurança neste período após o pleito”, frisou o comandante Barroso.

O secretário municipal de Segurança, João Carlos Silva, relatou também que tudo ocorreu dentro da normalidade tanto em Paranaguá como nas ilhas e comunidades marítimas, locais onde as urnas precisaram ser transportadas. “Demos total apoio ao TRE e à Polícia Militar. Temos um balanço geral de tranquilidade na cidade”, declarou o secretário.

Colunistas