Logotipo

Escola Costa e Silva é revitalizada e atenderá 130 alunos

29 de novembro de 2019

Solenidade foi marcada com uma grande festa com a presença de autoridades e da comunidade local

Compartilhe

Na sexta-feira, 29, a Prefeitura de Paranaguá entregou a reforma da Escola Municipal Costa e Silva, localizada no bairro Rocio. O prédio foi inaugurado em 1973 e estava com as portas fechadas devido a problemas estruturais e, portanto, sem condições de receber os alunos. A cerimônia de entrega contou com a presença do prefeito Marcelo Roque; da secretária municipal de Educação, Vandecy Dutra; o bispo diocesano, dom Edmar Peron; a diretora da escola, Lisneide Zattar Lopes e demais autoridades.

As obras começaram em março de 2019 com um investimento total de R$ 2.503.045,88, com recursos da Prefeitura de Paranaguá. O valor foi aplicado na resolução de problemas que o espaço acumulava devido a alagamentos constantes, infestação de ratos, baratas e pombos e falta de segurança que resultou na depredação total do prédio. Havia registro de deformações nas vigas de sustentação das lajes, que tinham que ser corrigidas, pois poderia culminar no desabamento.

A escola tem o total de sete salas de aula, cinco no pavimento térreo, onde também abriga um laboratório de química e ciências e salas da administração. No piso superior, há mais duas salas de aula, biblioteca e um laboratório de informática.

O prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, relatou a alegria de entregar o espaço.

“É um dia de muita satisfação e de alegria para a Secretaria de Educação e também a comunidade do colégio, as diretoras e professoras que trabalharam aqui. Assumimos com nenhuma condições de ter aulas e agora podemos entregar esse espaço maravilhoso. A escola será muito bem utilizada, há desconfiança com relação ao uso, mas mais de 120 crianças vão voltar a estudar aqui. Teremos ainda um polo do EJA e uma parceria com a Universidade Federal, além da Romu para fazer a segurança”, destacou Marcelo Roque.

“A escola é da comunidade, não é do Poder Público”, frisou a secretária de Educação, Vandecy Dutra

A secretária municipal de Educação e Ensino Integral, Vandecy Dutra, contou que a escola tem capacidade para atender 130 crianças da faixa etária de quatro a 11 anos. “É com muita emoção que entregamos a escola para a comunidade do Rocio, dando vida, dignidade e respeito para quem mora aqui. A escola já está pronta para receber os alunos a partir de segunda-feira, há alguns ajustes para fazer a transferência dos antigos alunos e, possivelmente em 2020, eles já comecem aqui. A escola é da comunidade, não é do Poder Público”, frisou a secretária Vandecy.

A diretora da Escola Municipal Costa e Silva, Lisneide Zattar Lopes, agradeceu por poder retomar o trabalho no espaço

A diretora da Escola Municipal Costa e Silva, Lisneide Zattar Lopes, disse que não foram medidos esforços do Poder Público para entregar o espaço. “Fui aluna dessa escola desde que foi inaugurada em 1973, voltei como professora, coordenadora e hoje estou na direção. Em nome de todos agradeço o sonho realizado. Serei sempre grata pelo que fizeram nessa gestão”, ressaltou a diretora da escola.

O bispo da Diocese de Paranaguá, dom Edmar Peron, disse que a escola valoriza ainda mais a comunidade do Rocio, onde se encontra o Santuário da padroeira do Paraná. “Inaugurar uma escola nesse bairro é valorizá-lo. Nós dissemos muitas vezes da importância de revitalizar o bairro do Rocio, e revitalizar não é por asfalto, ainda que este seja importante, mas uma escola é muito mais importante nesse caso. Vejo com grande alegria essa inauguração”, afirmou o bispo.

Fotos

 


Colunistas