Logotipo

Cerca de 2.600 profissionais da educação serão beneficiados até o fim do ano em Paranaguá

10 de setembro de 2019

Cursos de capacitação são ofertados tendo em vista a busca pelo conhecimento e a valorização dos servidores

Compartilhe

Até o fim de 2019, aproximadamente 2.600 profissionais da educação da rede municipal de Paranaguá vão participar de cursos de capacitação. Há dois anos, a Secretaria Municipal de Educação e Ensino Integral (Semedi) começou a ofertar o benefício a gestores, pedagogos, trabalhadores do setor administrativo, serviços gerais, professores, educadores, estagiários, monitores e motoristas.

Já foram ofertadas mais de 4.800 horas de formação para os profissionais

De 2017 até agora, já foram mais de 4.800 horas de formação para os profissionais. A secretária municipal de Educação, Vandecy Dutra, afirmou que grande parte da carga horária se trata de formações pedagógicas. “Mas também ofertamos formações motivacionais e técnicas. O tipo de formação acontece de acordo com o público. Os cursos são sempre bem aproveitados por nossos servidores. Lançamos em 2017, o Programa Formação pela Própria Escola em que os próprios professores da instituição discutem suas dificuldades e entre seus pares encontram possíveis metodologias para supri-las”, explicou Vandecy.

Semedi tem investido na capacitação dos profissionais desde 2017

Para conseguir oferecer as capacitações, a Semedi conta com a contribuição de diversos parceiros, que vão desde as universidades até o setor privado. “Contamos com a parceria da UFPR (Universidade Federal do Paraná), IFPR (Instituto Federal do Paraná), Unespar (Universidade Estadual do Paraná), Mosaic, Sesc, Ecovia, Portos do Paraná, Polícia Militar entre outros. Seguindo determinação do prefeito Marcelo Roque, contamos com a parceria entre as secretarias”, disse Vandecy. Algumas já participam como às secretarias de Meio Ambiente, de Comunicação e de Segurança. 

O olhar diferenciado para o desenvolvimento profissional dos servidores possibilitou o crescimento, inclusive, do número de professores com mestrado.

“Temos muito orgulho do projeto que lançamos em 2017, quando em 2016 tínhamos apenas uma servidora com mestrado e em parceria com a UFPR Litoral lançamos o Comunidades Educativas - Preparação para o Mestrado, curso em que auxiliamos nossos servidores em sua preparação e hoje temos aproximadamente 20 profissionais que estão no processo ou já finalizaram”, declarou Vandecy.

Tudo isso já apresentou resultados positivos. “Uma das prioridades da gestão é a valorização dos profissionais, o que reflete significativamente no ensino-aprendizagem. O retorno vemos nos resultados das avaliações internas e externas e nos relatos feitos à equipe técnica da Semedi em nossas constantes visitas”, concluiu a secretária de Educação.
 


Colunistas