conecte-se conosco

Educação

2.ª noite do SDGChallenge Hackathon acontece hoje na Unespar

As equipes participantes serão desafiadas a expor ideias de soluções para os problemas apresentados.

Publicado

em

O Youth Action Hub – Brasil (YAHBR), rede de jovens multidisciplinar, plural e apartidária com atuação local e escala global, ligada à ONU (UNCTAD), que busca a implementação da Agenda 2030 por meio do desenvolvimento de projetos, lideranças jovens, bem como o engajamento da juventude local, promove, junto à empresa júnior, EJIM Consultoria, e o colegiado de administração da UNESPAR, nos dias 25 e 28 de novembro e 10 de dezembro, no campus da UNESPAR, em Paranaguá, a primeira edição do SDGChallenge, evento estilo Hackathon que busca solucionar problemas sociais e ambientais na região portuária de Paranaguá.

Dividido em 3 dias, na segunda-feira, 25, os alunos da UNESPAR tiveram a oportunidade de conhecer melhor a Agenda 2030 da ONU, que visa a implementar o Desenvolvimento Sustentável até 2030, em fala do atual coordenador do YAH no Brasil, Matheus Falasco, e identificar, por meio da palestra do Diretor Corporativo do IDEM, Marcelo Dias, alguns problemas enfrentados pelo Porto de Paranaguá.

No segundo dia do evento, que será realizado na noite de quinta-feira, 28, as 22 equipes participantes serão desafiadas a propor ideias e soluções para os problemas apresentados, após uma oficina de preenchimento de Canvas e confecção de Pitch.

O coordenador colegiado de administração, professor Dr. Adilson Anacleto, enfatizou a importância do evento. “Através de mais de 200 cabeças pensando no mesmo assunto, boas ideias podem surgir, e essas ideias serão o sentido de minimizar os impactos no porto, pensando nas questões das pragas urbanas, reaproveitamento de materiais, reciclagem, coisas que possam contribuir para manter a cidade de Paranaguá mais limpa e também mais humana. Então a grande importância deste evento, é que é uma das raras oportunidades em que a comunidade está discutindo seus próprios problemas”, destaca Anacleto.

O coordenador do YAH no Brasil, Matheus Falasco, destaca que é muito recompensador ver como o evento está se desenvolvendo. “A participação dos alunos, tanto nas palestras como nas atividades do dia 25, foi bastante ativa. Tivemos ao menos 150 alunos presentes nas palestras, e mais de 20 equipes formadas para as próximas etapas do evento. Parece que as equipes estão realmente empenhadas na busca de soluções e acredito que logo teremos um projeto incrível, fruto do evento, que ajudará a resolver alguns dos problemas do Porto”, enfatiza Matheus. 

Os oito melhores projetos, que serão analisados pela Comissão Avaliadora do evento, serão convidados a participar da grande final no dia 10 de dezembro, dia que será definido o projeto vencedor, após avaliação de banca composta por avaliadores experts.

Fotos: divulgação.

Continuar lendo
Publicidade