Beba água, seu cérebro agradece!

25 de fevereiro de 2020

Beber água é essencial à vida e traz inúmeros benefícios ao organismo, isso todos sabemos. Não é de hoje que os estudos revelam que a ingestão de água ajuda na regularização das funções de todo o corpo.

Facilita a digestão, a absorção e o transporte de nutrientes, oxigênio e sais minerais, regula a temperatura corporal, auxilia no processo de excreção, elimina toxinas, participa no metabolismo, etc.

No entanto, um recente estudo constatou que além de todas estas vantagens a água atua também nas funções cognitivas, como o humor e os processos de memorização.

A água representa cerca de 60% do peso corporal de um adulto. Nos bebês, essa proporção chega a ser ainda maior - 70%. A água está presente no plasma sanguíneo - 83%, nas articulações, nos músculos - 75%, nos ossos - 20% e na composição da massa cerebral - 75%.

O estudo em referência pesquisou o desempenho cognitivo e o estado subjetivo de humor em crianças com idade escolar em uma região com clima quente e constatou efeitos negativos na memória de curto prazo, aumento do estresse, ansiedade e fadiga, relacionados aos processos de desidratação.

Os pesquisadores afirmam que poucos estudos relacionam a perspectiva do desempenho cognitivo aos processos de hidratação e desidratação. Contudo, independentemente de novas pesquisas e resultados, hidrate-se!

O Ministério da Saúde recomenda a ingestão de pelo menos dois litros de água diariamente.

 

NA ZHANG, S. M.; DU, J. F. Z.; GUAN, S. M. Effects of Dehydration and Rehydration on Cognitive Performance and Mood among Male College Students in Cangzhou, China: A Self-Controlled Trial. Int J Environ Res Public Health. 2019. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6603652/.