conecte-se conosco

Polícia

Cadela farejadora da Polícia Militar encontra maconha entre sacos de cimento em Pontal do Paraná

A cadela farejadora Rayka, do Batalhão de Polícia de Choque, encontrou a sacola com várias porções de maconha em uma pilha de sacos de cimento, em uma obra, no Balneário Canoas, em Pontal do Paraná

Publicado

em

A cadela farejadora Rayka, do Batalhão de Polícia de Choque, da Polícia Militar, encontrou durante uma abordagem de rotina realizada na noite de domingo, 9, por volta das 22h, no Balneário Canoas, em Pontal do Paraná, uma sacola com várias porções de maconha. A embalagem plástica com o entorpecente estava escondida em uma pilha de sacos de cimento.

MOVIMENTAÇÃO

De acordo com a corporação, o grupo de Operações com Cães, do BPCHoque, realizava patrulhamento ostensivo na Avenida Caboré, local conhecido pela intensa movimentação de usuários e pequenos traficantes de drogas, quando os policiais suspeitaram de um indivíduo que caminhava pela via.

Mesmo tentando fugir, Odair Pereira Brito Junior, de 23 anos, foi alcançado e preso, perto de uma obra.

Com ele, os policiais encontraram seis porções de maconha, embaladas e prontas para serem comercializadas.

Enquanto registravam a ocorrência, ainda no local da abordagem, a cadela Rayka encontrou uma sacola plástica com 35 porções da droga. O entorpecente estava escondido em uma pilha de sacos de cimento.

Preso, Odair foi encaminhado, com as porções apreendidas, para a Delegacia de Polícia Civil, no Balneário de Ipanema.