Connect with us

Meio Ambiente

Ave marinha encontrada em Matinhos foi recuperada no Centro do LEC

Ave está estabilizado, se alimenta sozinha e já alça voos no recinto do laboratório, sendo que será devolvida à natureza em breve (Foto: LEC/UFPR)

Publicado

em

Após quase 60 dias de tratamento, fragata será solta no litoral 

Na quinta-feira, 16, o Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), localizado no balneário Pontal do Sul em Pontal do Paraná, anunciou que uma ave marinha, a fragata (Fregata magnificens), resgatada debilitada no dia 12 de maio em Matinhos, foi recuperada no Centro de Reabilitação, Despetrolização e Análise de Saúde da Fauna Marinha (CReD) da UFPR pela equipe do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) nos últimos meses. A ave marinha será devolvida ao seu habitat natural no litoral paranaense em breve. 

“O animal é uma fêmea juvenil que ao chegar no CReD foi examinada pela equipe veterinária e de apoio técnico. O diagnóstico inicial foi a temperatura corporal abaixo dos valores de referência (hipotermia) e um quadro de diarreia”, explica a assessoria do LEC. De acordo com o médico veterinário responsável pelo atendimento, Marcillo Altoé, a primeira ação foi estabilizar os parâmetros vitais, tais como a temperatura corporal, a frequência cardíaca e respiratória, além de atender o quadro de desidratação.

Segundo o laboratório, foram quase 60 dias de dedicação da equipe do CRED/UFPR na realização de muitos procedimentos de reabilitação e tratamentos, sendo que na última semana foram iniciadas as avaliações para soltura . “O animal está estabilizado, alerta e se alimentando sozinho, inclusive alçando voos no recinto. Com esse prognóstico positivo atual podemos dizer que ele está apto à reintegração ao ambiente natural”, informa Altoé. De acordo com o LEC, o resultado reforça o principal objetivo do centro, que é reabilitar e devolver à natureza os animais em boa condição de saúde para continuar seu ciclo de vida.

“Logo informamos a data de soltura e os procedimentos que seguiremos. Saúde a esta fragata”, informa o LEC. “Caso você aviste uma ave marinha/costeira, baleia, tartaruga, lobo marinho, foca, ou golfinho morto ou debilitado, entre em contato com a nossa equipe através do telefone: 0800 642 3341”, finaliza. 

Com informações do LEC da UFPR