Connect with us

Editorias

Identificado no IML corpo encontrado no Rio Emboguaçu

Publicado

em

Identificado

Foi identificado na sede do IML – Instituto Médico Legal, em Paranaguá, o corpo recolhido no final da manhã de quarta-feira, 21, no Rio Emboguaçu, no bairro Vila Primavera. Familiares de Fábio da Silva de Souza estiveram no órgão e fizeram o reconhecimento do corpo.

DESAPARECIDO

De acordo com parentes, Fábio estava desaparecido desde a última terça-feira, 20. O homem de aproximadamente 30 anos, morava em uma casa no final da Rua 02, no Jardim Iguaçu.

Preocupados com o sumiço de Fabio, familiares acionaram a Polícia Militar, na manhã de quarta-feira, 21, e entraram na residência onde ele morava. A casa fica na beira do Rio Emboguaçu.

No local, os policiais encontraram manchas de sangue no quarto de Fábio e um rastro que terminava no rio que passa nos fundos do terreno.

Durante o registro da ocorrência, a equipe e familiares foram informados que o corpo de um homem, estava boiando em uma área de manguezal, na outra margem do rio, no final da Rua Amazonas, na Vila Primavera.

Contando com o auxilio de moradores da região, os policiais foram em um barco até o local e constataram o fato. O corpo foi trazido até a margem e a área foi isolada.

Após a perícia, realizada pela Criminalística, o corpo foi recolhido pela equipe do IML – Instituto Médico Legal.

AGRESSÃO

De acordo com informações apuradas na sede do Instituto, Fábio da Silva de Souza foi violentamente agredido. Os golpes teriam atingido principalmente a região da cabeça. Após as agressões o corpo da vítima foi arrastado e jogado no rio, onde foi encontrado por populares.

59.º HOMICÍDIO

A morte de Fábio da Silva de Souza já está sendo investigada pela Polícia Civil. Este foi o 59.º homicídio registrado em Paranaguá este ano. No litoral, são 116 casos.