Connect with us

Espaço Poético

Prazer, sou Frida

Eu, não tão sofrida
Mergulhei, me envolvi,

Publicado

em

Eu, não tão sofrida
Mergulhei, me envolvi,
Me vi nela.
Através da criadora das
Mil faces dela,
Lucy Reina Orquiza,
Grande artista!
Sensível, delicada, criativa,
Leu minha alma.
Listei meus pecados, e
Sem julgamentos nem condenações
Ouviu os descompassos do meu coração.
Minhas histórias e paixões,
Sentiu minhas dores, que só a morfina combateu.
Conversamos, confidenciamos, nos emocionamos.
Percebeu que o amor me move,
Grita, exala por todo o meu ser.
Meu olhar, meus gestos, meu riso frouxo,
Meus versos e prosas falam o que já não comporto mais.
Lucy entendeu, capturou minha essência
E meu peito abriu-se!
Expôs meus segredos,
Meus temores e amores.
Abusou da sensibilidade e arte,
Revelou a Frida que habita em mim.

Poema: Juciane Afonso – Obra: Lucy Reina Orquiza

Continuar lendo