conecte-se conosco

Economia

Dia dos Namorados deve movimentar o comércio parnanguara

Expectativa é que vendas aumentem de 2% a 3 % em relação a 2020

Publicado

em

Comemorado no próximo sábado, 12, o Dia dos Namorados é considerada a data mais romântica do ano, e não dá para deixar que ela passe em branco. 

A expectativa do segmento é de as vendas tenham um aumento de 2% a 3 % no Dia dos Namorados em relação ao mesmo período de 2020.  

Anwar Hamud Hamud, diretor da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), destaca que o Dia dos Namorados é uma data representativa e fala da expectativa do comércio. “Atualmente esta é uma data muito representativa para o comércio. Diante do cenário da situação econômica e pandêmica que o Brasil vive e que o comércio está passando, as datas comemorativas se tornam bastantes importantes. Já venho há algum tempo comentando sobre o tema em entrevistas e em conversas com conhecidos, que estas datas comemorativas estão se tornando mais determinantes para o comércio. Não só as datas tradicionais como tivemos recentemente o Dia das Mães, e agora o Dia dos Namorados, mas datas como o Dia da Independência, a Black Friday, e como algumas outras que são sugestivas para promoções, e estão se tornando importantes diante da situação que o comércio vive atualmente”, comenta Hamud, destacando que o comércio no município não está com tantas restrições como em outras cidades. “O comércio de Paranaguá não está com tantas restrições como está o comércio nas capitais e algumas cidades do país, mas é um horário restrito. Sabemos de todo o esforço do Poder Público Municipal em tentar não atrapalhar o comércio, mas sentimos um pouco os reflexos da economia na baixa movimentação. Por isso, é que as datas comemorativas estão se tornando tão significativas, pois temos um aumento nas vendas, com um fluxo de consumo maior”, completa. 

Anwar Hamud Hamud, diretor da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), destaca a data como representativa e fala da expectativa de movimento no comércio.

Hamud destaca que já se vê um movimento forte no comércio. “Podemos ver que as pessoas com todos os cuidados já estão circulando com sacolas, à procura dos presentes, e sabemos que a procura não é só no segmento de calçados, vestuários, lembranças, jóias, relógios e eletrônicos, mas também no segmento de bares e restaurantes, e serviços. Então estas datas movimentam não só o comércio tradicional, mas os comércios mais ampliados e que agregam serviços. Então, podemos dizer que os comerciantes estão bastante otimistas, pois já estamos vendo um movimento forte desde a quarta-feira, e as pesquisas estão indicando que o comércio terá uma movimentação alta em comparação a mesma data do ano passado, com um acréscimo de 2 a 3 % ao ano anterior. Assim como o comércio on-line deverá ter um faturamento bem maior”, avalia Hamud.   

O presidente da Câmara do Comércio Varejista da Aciap enfatiza a importância que o consumidor venha a consumir no comércio local. “O consumidor local que venha ao centro, que compre seu presente no comércio da cidade, mas sempre cumprindo as regras de distanciamento social, uso de máscara, álcool em gel, e sempre seguindo as orientações para que possa fazer a sua compra com segurança. Bem como salientar que o consumidor comprando no comércio local, está fortalecendo a economia da cidade, não só fortalecendo a economia da cidade, mas também para o sustento de muitos trabalhadores que dependem dos seus serviços para sobreviverem, e fazem girar a economia. A compra no comércio local garante o sustento de muitos trabalhadores, e agradecer a vocês da imprensa, pela parceria que mantém na divulgação das ações da Aciap e dos comerciantes. Compre no comércio local”, finaliza Hamud.