Connect with us

Ciência e Saúde

Vacinação para idosos e profissionais de saúde segue até quinta-feira

Paranaguá já vacinou contra a gripe um total de 12.668 do público alvo, sendo 10.884 pessoas com 60 anos ou mais

Publicado

em

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a gripe para idosos e profissionais da saúde segue até quinta-feira, 16 de abril. Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde, em Paranaguá, foram vacinados até segunda-feira, 13, um total de 12.668 pessoas do público alvo, sendo 10.884 pessoas (cerca de 86,3%) com 60 anos ou mais e 1.784 profissionais de saúde.

“Nosso intuito é atingir o maior número de pessoas que fazem parte do grupo priorizado pelo Ministério da Saúde nas três fases da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Lembramos que a reposição das doses ocorre por meio da Secretaria de Estado da Saúde que, por sua vez, recebe as vacinas do Ministério da Saúde. Todas as vezes que novas doses chegam em Paranaguá são disponibilizadas nas unidades básicas de saúde. Por isso, pode ocorrer das doses acabarem em determinado dia, mas são repostas assim que novas unidades chegam. O Ministério da Saúde afirma que não faltará vacina para o público alvo”, informa a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Locais de vacinação

Todas as unidades de saúde contam com aplicação de vacina da gripe, contudo, as unidades da Vila do Povo, Araçá e Serraria do Rocha terão pontos estratégicos.

Quem for atendido pela unidade na Vila do Povo deve se vacinar na Escola Iná Xavier; os idosos atendidos pela Serraria do Rocha devem se dirigir à Igreja católica Santíssimo Redentor e quem utiliza a unidade do Araçá deve ir na Escola Municipal Leôncio Corrêa.

A Unidade de Saúde Gabriel de Lara também contará neste período com a vacinação contra a gripe para idosos.

Campanha

Sobre a segunda e a terceira fase da Campanha de Vacinação, o Ministério da Saúde incluiu caminhoneiros, motoristas de transportes coletivo e trabalhadores portuários na segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que começa no dia 16 de abril.

As três categorias se juntam ao grupo prioritário, que também contempla doentes crônicos e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Com essa alteração, os professores, tendo em vista que as aulas estão suspensas, passam a integrar o grupo prioritário da terceira fase que inicia dia 9 de maio abrangendo também crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes; mulheres que tiveram parto recente (puérperas), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas, presos, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos, que neste ano também fazem parte do grupo prioritário.

Os vírus Influenza tem seu pico epidêmico nos meses de maio a setembro nas regiões de clima temperado do hemisfério Sul. Na região Sul apresenta uma sazonalidade similar a observada nos países de clima temperado, com epidemias com pico no inverno, entre junho e julho.

Com informações da Secretaria de Saúde de Paranaguá