Connect with us

Editorial

Violência doméstica: ações e combate

Neste ínterim, como se percebe em matéria veiculada nesta edição, a Polícia Civil vem assumindo sua responsabilidade para com esse problema.

Publicado

em

O filósofo e crítico francês Jean-Paul Sartre, considerado um dos maiores pensadores do século XX e, ao lado de grandes nomes como Albert Camus e Simone de Beauvoir, representante da filosofia existencialista, a qual é pautada na liberdade do ser humano, afirmou em meio aos seus estudos que "a violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota".

Partindo desse princípio, infelizmente, o meio atual convive com derrotas diárias, pois há muitas vertentes da violência na sociedade contemporânea. No entanto, as pessoas não estão de braços cruzados à mercê da sorte, haja vista a quantidade de ações sendo efetivadas em prol do combate a atos criminosos pautados na violência, sobretudo a doméstica, a qual tem como principal alvo a mulher.

Passos importantes já foram dados no combate a esse tipo de crime e as evidências apontam que mais conquistas estão batendo à porta, o que é de extrema urgência, em decorrência dos números atuais, os quais apontam que em Paranaguá, apenas neste ano, já foram registrados, em média, diariamente, dois casos de agressões a mulheres em suas próprias residências e por seus companheiros.

Esses índices que atestam a covardia e falta de respeito para com as mulheres não podem continuar aumentando, daí a importância da ação policial e de autoridades ligadas à segurança, à família, às crianças e adolescentes tendo em vista o combate efetivo e conscientização da população para com seus direitos conquistados, ou seja, quanto mais ações preventivas, menos ações punitivas precisarão ser realizadas.

Neste ínterim, como se percebe em matéria veiculada nesta edição, a Polícia Civil vem assumindo sua responsabilidade para com esse problema e impondo mais força nas ações de combate. Além disso, em breve, há a promessa da utilização da Delegacia Cidadã, onde haverá salas especiais para atendimento a mulheres vítimas, humanizando o atendimento e fornecendo ambiente mais apropriado para que não sejam causados mais traumas à vítima já tão fragilizada.

O que se espera é que mais ações venham em prol da defesa da mulher e, sobretudo, conscientização de toda a sociedade tendo em vista o necessário cuidado com cada elemento que compõe o meio atual.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.