Connect with us

Editorial

Turismo comunitário: alternativa econômica e cultural

É importante em um primeiro instante que se entenda o que efetivamente vem a ser esse filão de mercado.

Publicado

em

Paranaguá é constantemente lembrada em virtude de seu potencial turístico tradicional, mas há muito mais na cidade-mãe do litoral a ser considerado atrativo turístico, principalmente em se tratando de turismo comunitário.

O termo é ainda desconhecido de grande parte da população, mas surge como uma nova e importante vertente para se obter fontes de renda agregadas à preservação dos valores locais, sobretudo quando o assunto é meio ambiente e sua devida conservação.

É importante em um primeiro instante que se entenda o que efetivamente vem a ser esse filão de mercado. Assim, o turismo comunitário é entendido como a atividade turística que apresenta gestão coletiva, tendo como partícipe primordial o próprio morador, além de apresentar transparência no uso e na destinação dos recursos. Desta forma, o principal atrativo é o modo de vida da população local, ou seja, nesse tipo de turismo a comunidade é a protagonista e há a preocupação em minimizar o impacto ambiental e fortalecer ações de conservação da natureza.

Paranaguá possui várias comunidades distribuídas pelo quatro cantos do município, as quais possuem peculiaridades e particularidades que despertam a atenção e o interesse, devido à singularidade que adquirem no contexto geral. O modo de vida, os meios de subsistência, a gastronomia de tantas comunidades pesqueiras parnanguaras, as quais convivem com as belezas naturais, se tornam um grande potencial a ser fonte de atração turísticas na cidade, assim como a ser uma importante fonte de renda aos cidadãos.

Um aspecto importante a se ressaltar quanto a essa modalidade de turismo é que há um empoderamento da comunidade local em razão de cada elemento se tornar primordial para se contar a história e a cultura da localidade, além de se tornar uma forma eficaz de transmitir conhecimentos sobre elementos históricos da região a ser alvo das ações turísticas.

Neste contexto, é fácil perceber a potencialidade dessa modalidade turística e a importância de se preparar a cidade para esse ramo do mercado, repensando sobretudo a estrutura e qualificação dos moradores para atuar nesta área.

Continuar lendo