Connect with us

Editorial

O volante é uma das armas mais perigosas em posse da sociedade

Mais de 1,35 milhão de pessoas perdem a vida todos os anos em decorrência de acidentes de trânsito.

Publicado

em

Em tempos em que a criminalidade traduz com objetividade o cenário social brasileiro, é preciso entender os reflexos dessa violência urbana, os quais estão ligados a uma série de fatos históricos, que se enraizaram no País como uma epidemia.

E quando se fala em violência, ela não é sinônimo apenas de furtos, roubos, assaltos, ou homicídios (não que esses representem pouco). Mas, essa moléstia social diz respeito também às agressões físicas e psicológicas, e aos desdobramentos da violência, como é o caso dos traumas e da violência no trânsito. Esta modalidade, por sua vez, mata e com crueldade.

Prova disso é a ocorrência de trânsito que vitimou fatalmente uma criança e seu padrasto, na noite de domingo, em Paranaguá, após serem atingidos por um veículo que trafegava na contramão da direção. Se foi acidente? Há de se questionar. Isso porque com a série de agravantes que tinha no momento, o motorista do automóvel, é óbvio prever que bebida alcoólica + direção imprudente + carteira de habilitação irregular = tragédia. 

Segundo estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1,35 milhão de pessoas perdem a vida todos os anos em decorrência de acidentes de trânsito. Desse total, metade das vítimas são pedestres, ciclistas e motociclistas. 
Na mesma linha, o fato de dirigir alcoolizado é a segunda maior causa de morte no trânsito. Pensando em diminuir o número de acidentes, foi publicada em 2017, a Lei Ordinária 13.546, do Código de Trânsito Brasileiro, que aumenta a punição para o motorista que causar morte dirigindo alcoolizado. 

Mas, apesar do avanço na lei, é preciso refletir e fazer valer ações de prevenção para que não se precise chegar na punição, a qual geralmente vem carregada de sangue e dor.

Diante de tudo isso, é possível avaliar que hoje, o volante é uma das armas em posse da sociedade de maior risco. Em Paranaguá, segundo o Detran, por exemplo, em 2018, foram 226 casos de suspensão direta da carteira Nacional de Habilitação seguidos de 41 casos de pessoas dirigindo com a CNH suspensa, ou seja, que tiveram a habilitação cassada e insistiram em dirigir.

Crime é crime! E dirigir alcoolizado ou sem a habilitação regular é crime. 

Portanto, desejar uma sociedade mais segura não significa apenas querer ter o direito a uma arma de fogo para se proteger, pois o volante mata e fere igual a qualquer outro armamento. Estar seguro é fazer o outro seguro. E a segurança começa nas pequenas ações cotidianas.
 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.