conecte-se conosco

Editorial

A movimentação natalina e o reforço na segurança

Os cidadãos devem atentar-se para o porte de sacolas, bolsas, mochilas e objetos, assim como nunca se descuidar do objeto de desejo de muitos criminosos.

Publicado

em

Comumente nesta época do ano, há um aumento nos índices de furtos e roubos nos centros urbanos, muito em virtude das facilidades encontradas pelo "amigo do alheio", em meio ao descuido da população e à agilidade e oportunismo da marginalidade.

Em virtude do argumento supracitado, as autoridades ligadas à área de segurança elaboram estratégias de combate à prática criminosa, dentre as quais o reforço nas rondas em áreas de comércio e de maior movimentação de pessoas, a fim de coibir possíveis ações que perturbem a ordem entre os cidadãos.

No entanto, há um outro aspecto de fundamental importância e que deve ser verificado por todos, neste momento de compras natalinas. É comum que nesta época haja maior circulação de dinheiro nos comércios em decorrência das tradicionais aquisições de fim de ano, o recebimento do décimo terceiro salário e a tão tradicional e esperada troca de presentes nas inúmeras confraternizações entre funcionários de empresas, amigos e familiares. Tudo isso acarreta em correria na busca pelos melhores produtos e preços, o que proporciona, em muitos casos, um certo descuido de populares, abrindo espaço para se tornar alvo de furtos e roubos.

Os cidadãos devem atentar-se para o porte de sacolas, bolsas, mochilas e objetos, assim como nunca se descuidar do objeto de desejo de muitos criminosos na atualidade: o celular, o qual é um verdadeiro chamariz para delitos. Assim, é necessário se ter cautela, atenção redobrada a tudo e a todos e não portar nada além do necessário e essencial.

Já para os comerciantes, sendo que muitos estabelecimentos atuam em horário estendido, é imprescindível ter cuidado ao abrir e fechar as lojas e comércios, cuidar com movimentações suspeitas e orientar adequadamente os colaboradores para não expor nada nem ninguém a riscos desnecessários. Além disso, comunicar atos suspeitos às forças policiais é essencial para evitar práticas criminosas e incrementar o policiamento onde esteja havendo mais necessidade, ou seja, a partir das denúncias é possível se mapear a criminalidade, tornando mais eficiente o combate.

Natal é tempo de celebrar e não lamentar, portanto que os cidadãos tenham constante atenção e cuidado para que não se tornem vítimas de criminosos. A segurança sempre deve vir em primeiro lugar.

Continuar lendo
Publicidade