Logotipo

Vendas no comércio em Paranaguá devem aumentar com saques do FGTS

09 de agosto de 2019

Confederação Nacional do Comércio afirma que saques do PIS/Pasep e do FGTS serão responsáveis por 1,2% do aumento das vendas entre setembro e novembro de 2019 no Brasil

Compartilhe

CNC e Sindilojas estão otimistas com acréscimo do poder de compra e de pagamento de dívidas dos beneficiários

No dia 5 de agosto, a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou que em setembro será iniciado o pagamento de até R$ 500,00 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo a Caixa, 33 milhões de correntistas serão beneficiados em cronograma divulgado pelo banco com pagamento a ser realizado até o dia 31 de março de 2020.

O pagamento, segundo o Governo Federal, será feito a partir do dia 13 de setembro, seguindo um cronograma de acordo com o mês de aniversário do beneficiário, bem como de forma diferente para o cidadão que possuir conta ou não na Caixa. Outro anúncio foi o do Saque Aniversário, que será disponibilizado a partir de abril de 2020, e permitirá ao beneficiário um saque anual de percentual do saldo, algo que deve ser comunicado pelo cidadão. 

As medidas colocam dinheiro no bolso dos cidadãos em todo o Brasil e, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e Sindicato dos Lojistas do Comércio e do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de Paranaguá (Sindilojas), as vendas devem aumentar e conceder um segundo semestre melhor para o comércio parnanguara e em todo o Brasil. 

Segundo a CNC, a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada neste mês pelo IBGE, indicou uma perda de fôlego das vendas, que permaneceram estáveis em relação a maio, interrompendo uma sequência de três altas consecutivas. No conceito restrito, segundo o IBGE, houve alta de 0,1%, primeira taxa positiva desde março deste ano (também +0,1%). “As medidas de estímulo ao consumo, como os programas de saques do PIS/Pasep e FGTS e a queda nas taxas de juros, devem proporcionar uma alta de 5,2% na segunda metade do ano”, destaca Fabio Bentes, economista da CNC. 

“Somente os saques do PIS/Pasep e do FGTS serão responsáveis por 1,2% do aumento das vendas entre setembro e novembro de 2019, levando a Confederação a manter a expectativa de avanço de 4,2% do varejo ampliado em 2019, apesar dos números da PMC de junho”, explica o economista. 

PARANAGUÁ 

“Esta medida ajudará muito o comércio a alavancar as vendas e facilitará a vida de muitas famílias”, afirma Said Omar, presidente do Sindilojas Paranaguá

Said Khaled Omar, presidente do Sindilojas Paranaguá, está otimista com os saques do FGTS, mas prevê um aumento significativo de forma gradual entre setembro e outubro. “Será algo muito bom, não só a Paranaguá, como também para o resto do País, mas os saques a partir de setembro serão só para os que têm poupança  na Caixa, o restante é a partir de outubro”, destaca.

De acordo com o presidente, o valor poderá ser além de R$ 500,00 a ser sacado pelos beneficiários neste ano. “Poderá ser feito o saque em contas ativas ou inativas, mas o máximo é de R$ 500,00 por conta. Por exemplo, se você tiver duas contas uma de R$ 1.500,00 e outra de R$ 300,00 você pode sacar das duas, a primeira o valor de R$ 500,00 e a segunda a quantia de R$ 300,00”, afirma Said.

REDUÇÃO DO ENDIVIDAMENTO

Segundo pesquisa feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), 90,7% dos paranaenses possuíam algum tipo de dívida em julho de 2019, sendo que a média nacional de endividamento foi de 64,1% no mesmo mês, demonstrando que a população do Paraná é uma das mais endividadas do Brasil. Os repasses de parte do saldo do FGTS poderão reduzir essas dívidas. 

“Esses valores também irão ajudar no pagamento de contas em atraso. Pelas pesquisas serão beneficiadas milhares de pessoas que estão no SPC por valores até R$ 500,00. Esta medida ajudará muito o comércio a alavancar as vendas e facilitará a vida de muitas famílias”, finaliza Said Omar. 

Confira informações a respeito do calendário de saques do FGTS anunciado pela Caixa: https://bit.ly/2GXr2Ev

 

*Com informações da CNC.


Colunistas