Logotipo

Segunda parcela do 13.º salário aos aposentados será paga neste mês pelo INSS

07 de novembro de 2018

29,7 milhões de beneficiários já receberam a primeira parcela entre agosto e setembro

Compartilhe

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia o pagamento em novembro da segunda parcela do 13.º salário a aposentados de todo o Brasil. A Secretaria da Previdência destaca que o pagamento é feito junto com a folha de pagamento do INSS, seguindo o que prevê a Tabela de Pagamentos de Benefícios de 2018. A primeira parcela, que foi paga entre agosto e setembro deste ano, correspondeu a 50% do valor do benefício e injetou R$ 21 bilhões na economia nacional. A segunda parcela, que começará a ser paga em novembro, corresponde ao restante do valor do 13.º salário de 2018,  incidindo desconto de Imposto de Renda (IR), seguindo o que determina a legislação.

De acordo com o INSS, 29,7 milhões de beneficiários estão aptos a receber o benefício em questão, algo que beneficiará, consequentemente, a economia e o comércio brasileiros, em virtude do aumento de compras com a chegada do Natal e do Ano-Novo. Segundo o que informa o Governo Federal, a segunda parcela deve ser paga para todos os aposentados durante novembro e dezembro, seguindo o que a Tabela de Pagamentos de Benefícios do ano especifica.

QUEM TEM DIREITO

De acordo com o INSS, tem direito ao 13.º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual.

SERVIDORES, PENSIONISTAS E APOSENTADOS DO PARANÁ

No Paraná, o Governo do Estado, na segunda-feira, 5, determinou o pagamento do 13.º salário dos servidores estaduais para o dia 10 de dezembro. O valor será depositado de forma integral em conta de mais de 280 mil colaboradores do funcionalismo estadual, aposentados e pensionistas. "O valor da folha mensal do funcionalismo chega a R$ 1,7 bilhão e, em um período de 30 dias, entre o final dos meses de novembro e de dezembro, o Governo do Estado será responsável pela injeção de cerca de R$ 5,1 bilhões na economia do Paraná, somando os pagamentos de salários e o décimo terceiro", afirma a assessoria do Estado.

*Com informações do EBC e AEN

Colunistas