Logotipo

Abertura de 314 microempresas em 2019 colabora para a geração de empregos locais

01 de maio de 2019

1.740 empresas foram abertas em Paranaguá em 2018

Compartilhe

Em um momento em que o desemprego ocorre em vários setores no Brasil, o empreendedorismo torna-se uma medida do brasileiro para superar a crise, algo observado nos últimos meses também em Paranaguá. Segundo a Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (Semtra) da Prefeitura de Paranaguá, somente até agora em 2019 foram abertas 314 microempresas individuais (MEIs) no município, de acordo com dados do Portal do Empreendedor do Governo Federal.

O secretário municipal de Trabalho e Emprego, Brayan Roque, destaca que a abertura de empresas contribui para a geração de vagas de emprego. "Em 2018, houve um aumento no número de empresas abertas no município, gerando maior movimentação da economia e renda. Temos programa de incentivo fiscal para que mais empresas se instalem na cidade e aumentem a oferta de empregos aos parnanguaras", completa.

Segundo a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) do Governo Federal, dados de abril de 2019 apontam que o número de MEIs cadastradas no País ultrapassa a marca de 8,1 milhões, tendência acompanhada por Paranaguá. "A maioria dos empreendedores tem entre 31 e 40 anos (mais de 2,5 milhões), seguidos por aqueles com idade entre 41 e 50 anos (1,9 milhão), entre 21 e 30 anos (1,7 milhão). Entre 51 e 60 anos, são 1,3 milhão. Os mais velhos (61 a 70 anos) são 446,1 mil. Entre 16 e 17 anos, há 575 jovens microempreendedores. E entre 18 e 20 anos, 69,9 mil", explica o EBC.

Segundo a Secretaria de Trabalho, o balanço desde o ano passado com relação à instalação de empresas é positivo em Paranaguá, algo que reforça a abertura de vagas de trabalho à população. "Tivemos abertura de 1.740 empresas (incluindo MEIs), um acréscimo de 3,46%, conforme dados do site Empresômetro (www.empresometro.com.br). Tudo isso ocasiona geração de empregos, fomento de negócios, bem como beneficia áreas como a economia e renda, sustentabilidade e saúde", informa a assessoria.

De acordo com João Paulo Andrade, analista do Sebrae, a chave para o sucesso dos empreendedores em tempos de crise é identificar oportunidades e focar no planejamento para ter um diferencial competitivo, algo válido para Paranaguá e municípios de todo o País. "Analisar a demanda pelo produto a ser ofertado através de uma pesquisa de mercado e considerar a disponibilidade de recursos são partes integrantes do planejamento. Correr risco é inerente à atividade empreendedora. Planejamento é a saída para mitigar esse risco. Quão maior o risco, maior a importância do planejamento", explica.

ABERTURA DE EMPRESAS COLABORA NA ABERTURA DE VAGAS

Além das MEIs, outro alicerce para a geração de empregos em Paranaguá é a instalação de empresas, algo que ocorre em peso na cidade, principalmente derivado da atividade portuária. A prefeitura promove formas de incentivo fiscal e uma das principais delas é o Programa de Expansão Econômica de Paranaguá (Prodepar). "Ele foi firmado por meio da lei n.º 2.894/2008, modificada pela lei n.º 3.567/2017, que tem por objetivo a concessão de incentivos tributários e benefícios para instalação ou expansão de empreendimento de grande porte", explica.

COMO FAZER PARA ABRIR UMA MICROEMPRESA

Ao cidadão que pretende empreender, criando uma fonte de renda própria e possivelmente para outras pessoas pela abertura de vagas de trabalho, a Prefeitura de Paranaguá disponibiliza a Sala do Empreendedor para abertura de CNPJ de MEIs, espaço que também auxilia para ações e planejamento voltados aos microempreendedores individuais (MEIs). "A Sala do Empreendedor fica localizada no prédio da prefeitura, no Palácio São José", destaca a prefeitura. "Para se cadastrar como MEI, é preciso ter faturamento de até R$ 81 mil por ano, não ser sócio, administrador ou titular de outra empresa e ter no máximo um empregado. Como MEI, o microempreendedor tem um CNPJ e pode abrir conta bancária, fazer empréstimos e emitir notas fiscais", finaliza o Sebrae.

Com informações do Sebrae


Colunistas