conecte-se conosco

Direito & Justiça

Matinhos terá grupo reflexivo masculino sobre violência contra a mulher

Projeto acontece em parceria com o MPPR e busca a recuperação de autores de violência doméstica

Publicado

em

Em Matinhos, no litoral do Estado, uma iniciativa da prefeitura, com o apoio do Ministério Público do Paraná (MPPR), pretende reunir homens para tratar do tema da violência doméstica contra a mulher. A partir do formato de grupo reflexivo, o projeto reunirá, prioritariamente, homens envolvidos em processos de medida protetiva de urgência, mas é também aberto à participação da comunidade. O primeiro encontro será na quarta-feira, 5, às 18 horas, no auditório da Escola Municipal Wallace Thadeu de Mello e Silva (Ceciliano Tavares, 444).

O objetivo é proporcionar um espaço, de caráter preventivo e socioeducativo, para a escuta e o aprendizado dos autores de violência doméstica. No projeto de implantação da iniciativa, a Prefeitura destaca que o propósito é não restringir o tratamento dos casos de violência doméstica à punição, mas sim promover, junto ao agressor, uma reflexão sobre a responsabilização e o reconhecimento de seus atos, buscando o fim do ciclo de violência.

Para tanto, serão discutidas nos encontros questões como o papel masculino e feminino na sociedade, a Lei Maria da Penha, alternativas para um comportamento assertivo nas relações afetivas, saúde do homem e da mulher e prevenção à judicialização dos casos. Ao todo, serão realizadas quatro reuniões, sempre às quartas-feiras, sendo as próximas nos dias 12, 19 e 26 de fevereiro. Das discussões, participarão integrantes dos órgãos que compõem a rede de proteção, como o Ministério Público do Paraná e as secretarias de Educação e Saúde.

Justiça restaurativa 

Promover ou apoiar iniciativas voltadas à recuperação de homens agressores por meio de práticas de justiça restaurativa é uma das linhas de atuação dos órgãos integrantes do sistema de Justiça, entre eles o Ministério Público. Levantamento do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos do MPPR, por exemplo, aponta a existência de ao menos 25 iniciativas no Estado.

Interessados em conhecer mais sobre a iniciativa e participar dos encontros podem entrar em contato pelo telefone: (41) 3971-6270.

Fonte: MPPR

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.