Logotipo

CineMAE exibe clássico de Mazzaropi no sábado

13 de dezembro de 2018

Sessão é aberta ao público em geral no auditório do museu

Compartilhe

O Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR promove no sábado, 15, às 14h, com entrada franca, uma sessão especial do projeto CineMAE com a exibição do filme “O Lamparina”. O público terá a oportunidade de conferir um dos maiores clássicos do cinema nacional produzido por Mazzaropi.

De acordo com o crítico de cinema Diego Rodrigues, boa parte das produções brasileiras do início dos anos 60 tinha como tema o cangaço e, usando desse pretexto, Mazzaropi resolveu produzir uma sátira dessas produções. Foi aí que nasceu o clássico ‘O Lamparina’.

“O filme vem sobrevivendo muito bem com o passar dos anos, já se foram mais de 50 anos e o filme ainda mantém a graça e as essências de quando foi lançado”, aponta.

Produzido em 1964, o filme conta a história de Bernardino, um pacato homem do campo que, para não entrar em conflito com o bando de cangaceiros do Zé Candiero, se disfarça e acaba sendo confundido com um dos membros do bando. Nessa complicada situação, Bernardino convence sua família a fingir ser um bando de cangaceiros que acabam indo parar no acampamento dos verdadeiros jagunços. O "destemido" Lamparina, ou melhor Bernardino, vai ter que mostrar ser um "cabra valente" de verdade.

A sessão, com vagas limitadas, promoverá uma roda de conversa mediada pelo aluno do curso de graduação em filosofia Weliton Taelho, após a exibição do filme. A obra é considerada uma das mais importantes criações do cinema.

O CineMAE tem o objetivo de proporcionar um espaço de entretenimento, lazer e cultura entre a comunidade e o museu ao exibir importantes filmes que marcaram a história do longa-metragem no País. Essa sessão especial é fruto do trabalho em conjunto do Museu com o NESEF - UFPR (Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Filosofia da UFPR), através da atividade Cineclubista Cine Sabará.

 


Colunistas