Logotipo

“Mais vale prevenir que remediar…”

11 de janeiro de 2019

Prevenção é a melhor forma de evitar a degradação e/ou destruição de um patrimônio.

Compartilhe

Prevenção é a melhor forma de evitar a degradação e/ou destruição de um patrimônio.

Conservação Preventiva

O que é? De acordo com a definição do ICOM – International Council of Museums entende-se por conservação "todas as medidas e ações levadas a cabo para a salvaguarda do patrimônio cultural tangível assegurando o seu acesso às gerações presentes e futuras". O primeiro e mais importante passo para este objetivo é a Conservação Preventiva. Na Conservação Preventiva não se atua diretamente sobre o objeto, eliminam-se os potenciais fatores de degradação, ou seja, intervém-se no meio ambiente em que o objeto se encontra.

Exemplos: medidas e ações necessárias para o registro, armazenamento, manipulação, embalagem e transporte, controle das condições ambientais, planificação de emergência, formação dos profissionais, sensibilização do público.

Implementar um Plano de Conservação Preventiva e  as medidas necessárias à preservação de obras tem, muitas vezes, custos menores do que se possa pensar. A aplicação de métodos de análise e monitorização ambiental, sensibilização e formação dos profissionais e dos públicos e a adoção de Boas Práticas são medidas que podem ser implementadas utilizando uma metodologia de trabalho adequada, e que vão, no futuro, evitar custos elevados em intervenções de conservação e restauro. Copilado do Citaliarestauro.com

Casa da Cultura

Continua na Casa da Cultura em Paranaguá a excelente exposição capitaneada pelo artista plástico Marcial Neves. São novas e belíssimas obras do mestre Marcial mescladas com as dos seus talentosos alunos. Marcial retrata Paranaguá com rara maestria e suas obras de arte podem ser adquiridas a preços muito especiais.

Maiores informações na administração da Casa da Cultura.


Colunistas