conecte-se conosco

Coisas Nossas

Ararapira, a “cidade fantasma”

Ararapira foi uma vila criada no tempo da monarquia pelos portugueses. Hoje está abandonada e vai sendo levada progressivamente pelo mar.

Publicado

em

 

A Vila do Ararapira, turisticamente, é conhecida como ‘Cidade Fantasma’. Foi uma das 20 vilas fundadas pela coroa portuguesa no século XVIII.

Local estratégico, ponto de parada de navio da época, conhecida por suas festas e atividades mercantis, Ararapira foi uma vila criada no tempo da monarquia pelos portugueses, no Litoral Norte do Paraná. Mas hoje está abandonada e vai sendo levada progressivamente pelo mar.

A vila foi sofrendo processo natural de erosão e muitas casas foram parar debaixo d'água. Fazendo seus moradores abandonarem a vila e suas casas. É possível observar sua história, passeando pelas trilhas, a antiga cadeia, o cemitério e sua igrejinha fundada também no século XVIII. Lendas e fábulas circundam a pequena vila que é um destino turístico muito procurado na região.

Natureza 

Na região, é possível ver garças, guarás vermelhos, sabiás, tucanos-de-bico-preto, papagaios-de-cara-roxa e outras dezenas de espécies. A fauna é diversa e, segundo relatos dos nativos, já foram avistados pacas, veados, cutias, porcos-do-mato, além de cobras caninanas, jararacas e corais.

Outros frequentadores são primatas da espécie mico-leão-da-cara-preta, ameaçada de extinção. A flora é riquíssima nos manguezais e nos terrenos arenosos. Figueiras, maçarandubas e dezenas de espécies de bromélias e orquídeas compõem o ecossistema.

Continuar lendo
Publicidade