Connect with us

Ciência e Saúde

Paranaguá tem 245 notificações de dengue registradas

No litoral são 265 notificações da doença em análise

Publicado

em

Na terça-feira, 8, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgou o Informe Técnico n.º 15, abrangendo a situação da dengue, Zika vírus e chikungunya no Paraná entre o dia 1.º de agosto de 2018 a 8 de janeiro de 2019. O documento apontou o risco climático alto de dengue nos municípios de Paranaguá e de Guaratuba, devido ao período de verão, algo que pode favorecer a incidência de criadouros do mosquito Aedes Aegypti no litoral. Ao todo, na região litorânea, não houve casos confirmados de dengue, no entanto, houve 265 notificações da doença, dentre os quais Paranaguá apresenta 245 deles, sendo que 180 já foram descartados pela Sesa.

Em todo o litoral, além de Paranaguá, Antonina, com 14 casos, Guaratuba, com dois, e Matinhos, também com dois, foram os únicos municípios com notificações de dengue, no entanto, nestes três municípios, todos foram descartados de serem a doença. No contexto parnanguara, ainda estão sendo investigados pela Sesa 65 possíveis casos de dengue, que poderão ou não ser confirmados. Segundo o Informe Técnico, até o presente momento, o litoral do Paraná não apresenta caso de dengue. 

Municípios litorâneos estão com risco climático alto de proliferação da dengue

INFESTAÇÃO

Segundo a Sesa, as Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue, que abordam o controle vetorial do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, demonstram que Paranaguá estaria entre os 329 municípios infestados, que são “aqueles com disseminação e manutenção do vetor nos domicílios”, explica a Sesa, demonstrando a necessidade da população colaborar no combate e prevenção ao mosquito. Ao todo, no Paraná, mais de 82% dos municípios estão nesta condição alta de infestação do mosquito. Paranaguá é o único município no litoral com esta característica.

De acordo com o levantamento entomológico da Sesa, presente no Informe Técnico, os municípios de Paranaguá e Matinhos estão em situação de alerta para uma possível epidemia de doenças causadas pelo Aedes Aegypti. Segundo o Estado, a maior parte dos criadouros do mosquito está localizada em áreas particulares, ou seja, nas residências, com presença de proliferação em itens como vasos e frascos com água, pratos e, principalmente, nos lixos e entulhos.

RISCO CLIMÁTICO DA PROLIFERAÇÃO DE DENGUE ALTO NO LITORAL

Outro índice analisado é o Serviço de Alerta Climático de Dengue do Laboratório de Climatologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que é desenvolvido em todo o Estado. São concedidas nesta análise “informações sobre as condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti, e apresentados semanalmente os graus de risco para o desenvolvimento do vetor, contribuindo para o planejamento das atividades desse controle pelos municípios”, explica a Sesa.

Com relação ao risco climático, os municípios de Paranaguá, Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba, apresentam índice alto de proliferação da dengue por conta do clima quente durante o verão. 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.