Connect with us

Ciência e Saúde

Índice mostra infestação de Aedes aegypti em Paranaguá e Antonina

Litoral do Paraná tem dois casos confirmados de dengue

Publicado

em

O Índice de Infestação Predial (IIP), que é a relação da porcentagem entre o número de imóveis positivos e o número de imóveis pesquisados, apontou que Paranaguá e Antonina são municípios infestados pelo Aedes aegypti. O último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) indicou que o litoral do Paraná tem dois casos confirmados de dengue, um em Paranaguá e um em Matinhos.

O caso confirmado em Paranaguá trata-se de um homem morador na Vila Cruzeiro, de 28 anos, diagnosticado com dengue tipo 2. A confirmação foi de um caso autóctone, ou seja, contraído no próprio município.

Este último levantamento que indica infestação levou em consideração os dados colhidos em todo o Paraná no mês de agosto. A superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde em Paranaguá, Eleniz Mendes, explicou que um novo levantamento já foi realizado e, em breve, será divulgado. Foram 202 casos de dengue notificados no município, sendo 193 descartados e o restante ainda está em investigação.

O Índice de Infestação Predial consta que há 329 (82,5%) cidades do Paraná infestadas pelo mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Nestes locais, foram observadas a disseminação e manutenção do vetor nos domicílios, ou seja, depósitos que o mosquito encontra para se proliferar.

“As informações relativas ao vetor (distribuição geográfica, índice de infestação e depósitos predominantes) são essenciais para caracterizar e nortear as ações de controle”, afirma o boletim da Sesa.

FALTA DE INSETICIDA

A superintendente da Secretaria de Saúde em Paranaguá afirmou que todo o País está sofrendo com o desabastecimento do inseticida enviado pelo Ministério das Saúde que ajuda no controle da infestação. O que exige ainda mais atenção da comunidade quanto aos objetos que podem acumular água. O inseticida era aplicado para fazer o bloqueio da região onde apareciam os casos de dengue, um recurso a mais para controlar a infestação do mosquito.

“Os cuidados precisam ser redobrados porque agora só dependemos mesmo da retirada dos criadouros. Por enquanto, estamos somente com o larvicida, que é aplicado nas casas durante as visitas dos agentes”, destacou Eleniz. As visitas nas residências continuam em todos os bairros do município.

AÇÃO NA VILA SANTA MARIA

Na terça-feira, 5, uma equipe do setor de dengue estará na Vila Santa Maria, durante todo o dia, com o objetivo de orientar os moradores quanto à problemática da dengue. “Vamos fazer essa ação no local onde era o antigo Lixão. Vamos fazer a distribuição de panfletos e orientar a população. Na região, é muito difícil remover os criadouros porque muitos trabalham com reciclagem. Por isso, vamos orientá-los sobre a armazenagem correta desses objetos para que não haja água parada”, disse Eleniz.

Foto: Arquivo

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.