Connect with us

Ciência e Saúde

Municípios passam por desabastecimento da vacina Meningocócica C

Carteira de vacinação atualizada é exigida para efetuar a matrícula em escolas do Paraná

Publicado

em

Para efetuar a matrícula nas escolas do Paraná para o ano letivo de 2019, sejam elas municipais, estaduais ou particulares, os pais tiveram que atualizar a carteira de vacinação de seus filhos. No entanto, algumas cidades do Estado têm registrado falta de doses nas unidades básicas de saúde.

Alguns municípios do Paraná estão registrando a falta de vacinas como a Meningocócica C. A Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá informou que nem todas as unidades possuem a dose atualmente devido a esse desabastecimento e que realizou o pedido de mil doses da vacina em questão e só recebeu 400 no início desta semana.

A exigência passou a acontecer neste ano, atendendo à lei estadual 19.534/2018. Os pais que não conseguiram vacinar seus filhos foram até a unidade de saúde e solicitaram a Certidão Negativa Vacinal. O documento atesta que o responsável procurou regularizar a situação e que tem o compromisso de procurar pela dose nas unidades no prazo de 30 dias.

O diretor do Centro Estadual de Epidemiologia do Paraná, da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), João Luis Crivellaro, revelou que desde 2014 as doses de Meningocócica C têm vindo em menor quantidade.

“Nós temos uma necessidade de 88 mil e recebemos 66 mil doses. Mas o Estado do Paraná tem feito de tudo para poder mobilizar para que não falte”, frisou Crivellaro.

A meningocócica C deve ser tomada aos cinco meses de idade, outra aos 12 meses de idade, e uma dose de reforço aos 11, 12 e 13 anos. “Até então não tínhamos a necessidade de vacinação para a matrícula nas escolas, então as pessoas que hoje estão nessa faixa etária de 13 e 14 anos, já deveriam ter tomado e agora gera esse volume maior”, esclareceu o diretor do Centro Estadual de Epidemiologia do Paraná.

Meningocócica C deve ser tomada aos cinco meses de idade, outra aos 12 meses de idade, e uma dose de reforço aos 11, 12 e 13 anos

O que é a vacina meningocócica C conjugada

A vacina é utilizada para prevenir as doenças provocadas pela bactéria Neisseria meningitidis do sorogrupo C, esta bactéria pode ser a causa de infecções graves, como a meningite e a sepse. A vacinação é considerada a forma mais eficaz na prevenção desses problemas e a vacina está incluída no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

QUEM DEVE TOMAR

A vacina meningocócica do sorogrupo C conjugada está indicada para a imunização ativa de crianças com idade entre três meses a menores de um ano de idade. Adultos que nunca tenham tomado a vacina não precisam tomá-la novamente.

OUTRAS VACINAS

A vacina contra o HPV, que previne contra infecções provocadas pelo vírus do papiloma humano e de vários tipos de câncer, não está em falta, de acordo com o diretor da Sesa. Assim como vacinas contra a poliomielite e tetraviral. “Pode ser que falte em uma ou outra unidade de saúde, mas em compensação, se faltar em uma, tem em outras unidades. Cabe a cada município entrar em contato com a Regional de Saúde”, disse Crivellaro.

Desta forma, as secretarias municipais de Saúde precisam comunicar o sistema sobre o desabastecimento.

“Se não houver isso, não sabemos que está faltando. A reposição não é realizada todos os dias. Quando recebemos do Ministério da Saúde, tenho a maior vontade de distribuir o mais rápido possível. Mas, para isso existe uma logística, as vacinas dependem de refrigeração”, explicou Crivellaro.

A Sesa informou ainda que está atenta ao problema e procura um contato ainda mais próximo com o Ministério da Saúde, do atual Governo Federal, para buscar uma alternativa para essas questões. “A população precisa das vacinas e nós vamos em busca de uma solução para esses problemas”, afirmou a Sesa.

O Ministério da Saúde, por meio de nota, esclareceu que havia problemas no recebimento de algumas doses de vacinas, por conta de desabastecimento pelos laboratórios produtores das vacinas.

Foto de capa: Prefeitura de Paranaguá

Continuar lendo