Connect with us

Ciência e Saúde

Câncer de mama também atinge homens e diagnóstico precoce é essencial

Neste ano, até setembro, 16 homens foram diagnosticados com câncer de mama no Estado

Publicado

em

Novembro Azul é a referência ao mês dedicado à mobilização contra o câncer de próstata, a segunda maior causa de mortes pela doença entre os homens no Brasil. Mas um fato muitas vezes relegado a segundo plano na mobilização do mês anterior (Outubro Rosa), e que também merece atenção, é que os homens são acometidos, também pelo câncer de mama.

Como em outros tipos de câncer, quanto mais cedo houver um diagnóstico, maior a chance de cura. Tanto homens como mulheres devem se atentar a ocorrências na família.

Segundo a Secretaria da Saúde do Paraná, neste ano, até setembro, 16 homens foram diagnosticados com câncer de mama no Estado. A importância da prevenção é ressaltada.

Os tumores mamários entre os homens acontece em menor escala, mas mesmo assim não dispensa atenção. Entre 2014 e setembro deste ano, 137 homens receberam o diagnóstico no Paraná, contra 13.331 mulheres. Os resultados costumam variar entre 0,9% e 1,2% dos números absolutos de câncer de mama no Estado.

De acordo com o DataSus, sistema de tecnologia da informação do Sistema Único de Saúde (SUS), de 2018 até agosto deste ano, foram realizados 28.221 exames ou biópsias que diagnosticaram o câncer de mama tanto em mulheres como em homens no Brasil. Destes, 234 são casos masculinos.

Homens com idade entre 55 os 59 anos são os mais atingidos pela doença, com 35 casos confirmados nessa faixa etária. Porém, também foram registrados casos entre jovens e idosos.

SINTOMAS

Os sintomas variam entre elevação ou inchaço, geralmente sem dor, pele ondulada ou enrugada e retratação no mamilo a vermelhidão ou descamação da pele da mama. Essas mudanças nem sempre podem ser causadas pelo câncer, mas a recomendação é de, ao menor sinal delas, procurar um especialista.

Zeila Carneiro, responsável técnica da saúde do homem da Secretaria da Saúde, explica que os homens não costumam ter hábito de procurar ajuda em função desses sintomas, muito menos de ter conhecimento em relação à doença.

“Eles alegam muitas vezes que o horário de atendimento das unidades de Saúde não é compatível com seus horários de trabalho. Alegam que muitas vezes têm que enfrentar filas e perder o horário de trabalho”, afirma a médica. “São panoramas sociais diferentes, reflexos da nossa sociedade. Essas são demandas de homens que não têm condições econômicas para pagar consulta particular”.

Zeila diz, ainda, que muitas vezes os homens só procuram ajuda quando não aguentam mais a dor, e que o medo de descobrir doenças graves os distancia das consultas regulares. Dentro da Secretaria, no entanto, há atividades intensificadas nos meses de agosto e novembro de promoção à saúde do homem, e atenção permanente durante o ano todo, com todas as equipes à disposição da população.

TRATAMENTO

José Clemente Linhares, médico e chefe do serviço de Ginecologia e Mama do Hospital Erasto Gaertner, afirma que o tratamento e a detecção são relativamente parecidos com o câncer de mama feminino.

“Com pequenas diferenças na cirurgia, é semelhante ao tratamento do câncer da mama feminino. Como a mama do homem é pequena, os tumores são descobertos por palpação, abaulamento produzido pelo nódulo ou pela presença de alterações no mamilo (desvio, retração ou ferida)”, explica o médico.

A incidência do câncer de mama nos homens ocorre normalmente cinco ou dez anos mais tarde do que nas mulheres, ou seja, entre os 60 e 65 anos. Porém, conforme a Secretaria da Saúde, historicamente a incidência de casos no Paraná acontece a partir dos 25 anos.

ORIGEM

Diversos fatores contribuem para a incidência do câncer de mama em homens, entre eles a herança genética. Além disso, o excesso de estrogênio (hormônio feminino utilizado majoritariamente em mulheres trans), obesidade, consumo de drogas lícitas e ilícitas.

Além desses fatores, alterações genéticas como a síndrome de Klinefelter, que faz com que meninos nasçam como um cromossomo X a mais, ou a mutação no gene BRCa2, que tem a função de impedir o surgimento de tumores por meio da reparação das moléculas de DNA.

 

Fonte: Secretaria de Saúde do Paraná

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.