conecte-se conosco

Centro de Letras

Reeleição

Em janeiro de 1912 a prefeitura recebeu o projeto organizado pelo “competente e illustre engenheiro dr. Niepce da Silva”.

Publicado

em

A “Empreza” não instalaria mais a rede de esgotos. Em janeiro de 1912 a prefeitura recebeu o projeto organizado pelo “competente e illustre engenheiro dr. Niepce da Silva”. A lei 213, de 3 de fevereiro, autorizou abrir concorrência para o serviço apenas na parte velha da cidade, excluindo a distante região do Porto nesta fase inicial devido às condições econômicas desfavoráveis.

Março acabou e a tubulação não chegou. Elysio Pereira determinou multa de cem mil réis (100$000) a ser descontada “da caução ou de qualquer importância que esta Câmara esteja á dever a dita “Empreza”. Com notas do embarque em 22 de janeiro em Nova Iorque, a empresa se defendeu apontando a demora do vapor. Enfim, o jornal de 12 de abril noticiou o descarregamento da “tubagem e accessorios”. A confusão levou o diretor Byington até Paranaguá e haveria “cortes de cabeças”, provavelmente a do engenheiro, afirmou a matéria.

Sem água encanada era necessário manter o sistema de distribuição em pipas e fontes pela cidade. Oswaldo Pinheiro encheria as carroças de água na fonte nova durante 1912, mantendo o equipamento em ordem e as instalações higiênicas, caso contrário perderia o contrato. Em outubro seria afastado por não cumprir o acordado e as bombas estragaram. A prefeitura reformou o tanque da fonte velha e reparou as bombas da fonte da Pires Pardinho. Comentando a greve dos padeiros parnanguaras o jornal local perguntou: o que seria da cidade se os carroceiros da água também resolvessem parar?

Em junho, os serviços da instalação do esgoto e da água não haviam iniciado. Mas isso não impediu Caetano Munhoz da Rocha de ser reeleito, pois segundo seus defensores, ele estaria modernizando Paranaguá e já mostrara sua competência, merecendo este voto de confiança.

Por Alexandre Camargo de Sant’Ana

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.