Logotipo

Centro de Letras

Primeiro Jogo do Rio Branco

14 de agosto de 2019

Menos de uma semana após a criação formal do Rio Branco, naquela noite de quinta-feira, 16 de novembro de 1913, quando elegeram a diretoria provisória e definiram o time principal, o clube foi desafiado para seu primeiro jogo oficial. Seria contra o Brazil e, como nenhum dos dois times possuía um campo próprio, a partida aconteceria no “ground” da Praça Pires Pardinho, no domingo, 23. O duelo recebeu total atenção do jornal local e na edição de 21 de novembro de 1913, uma nota na primeira página anunciava o evento, deixando claro o caráter de novidade do futebol em Paranaguá. Segundo o “Diário do Commercio”, a praça lotaria por conta da “curiosidade que entre nós” desperta esse “útil sport”.    

No dia seguinte, o jornal avisou: o jogo das equipes reservas iniciaria às 14 horas e a partida principal começaria quatro horas da tarde. Do “team” original do Rio Branco só permaneceu Mathias e Nagib.Com eles jogariam: Eugenio, Itaborahy, Raul, Rocha, Romeu, Cezario, Braga, Flota e Colombino. O “Diário” afirmava que o evento era “mais um passo no progresso da vida Sportiva em Paranaguá” e causava ansiosa “curiosidade entre os foot-ballers” dos clubes.

Conforme matéria do dia 24, a Praça Pires Pardinho encheu e o clima foi de festa entre os parnanguaras. Os reservas jogaram primeiro, saindo o Brazil vencedor por dois a zero. Quatro horas da tarde – abaixo de intensa animação das torcidas – os times principais entraram em campo. O Rio Branco resistiu bravamente por todo o primeiro tempo e ninguém marcou gol. No segundo tempo, mesmo com a bola sendo heroicamente disputada, “Arthur tirando um hends, consegue marcar para o Brazil um ponto, sendo alvo de geraes ovações” e confirmando o favoritismo do time.

Por Alexandre Camargo de Sant’Ana

Fotos

Compartilhe