Logotipo

Deputado federal Felipe Francischini visita Folha do Litoral News

25 de julho de 2019

"Não podia deixar de passar por Paranaguá e litoral, inclusive fui o deputado federal mais votado no município e na região. Quero contribuir mais com o litoral neste momento em que faço parte do Governo Bolsonaro e sou deputado federal do partido do presidente, sendo presidente do CCJ", afirma o deputado Felipe Francischini

Compartilhe

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) destacou avanços obtidos na Câmara Federal e importância do litoral para o desenvolvimento do Paraná

Na manhã de quarta-feira, 24, o deputado federal Felipe Francischini (PSL), correligionário do presidente Jair Messias Bolsonaro e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal, visitou a sede da Folha do Litoral News, em Paranaguá. Em entrevista, o legislador destacou a importância dos avanços obtidos na Câmara Federal nos primeiros sete meses de 2019, entre eles a aprovação em primeiro turno da Reforma da Previdência, bem como outros projetos que serão analisados no segundo semestre em torno da Reforma Tributária e do Projeto de Lei Anticrime.

Felipe Francischini destacou a importância do litoral e dos Portos do Paraná para o desenvolvimento do Estado e que deverá destinar recursos a Paranaguá e litoral por meio de emendas parlamentares neste segundo semestre nas áreas de saúde e educação. "Não podia deixar de passar por Paranaguá e litoral, inclusive fui o deputado federal mais votado no município e na região. Como passei seis meses com muito trabalho na CCJ e consegui vir poucas vezes ao Paraná, estou aproveitando o recesso parlamentar que geralmente os deputados viajam para descansar, para trabalhar e voltar às minhas bases eleitorais", diz.

O deputado fez um balanço da sua atuação como presidente da CCJ no Legislativo Nacional. "O meu foco foi aprovar as grandes reformas. Passamos a Reforma da Previdência na CCJ em um tempo muito célere, com uma grande votação de 28 votos. Passamos também a Reforma Tributária que agora está tramitando na Câmara dos Deputados. No segundo semestre, o que tenho planejado na CCJ é destravar projetos há décadas parados, principalmente no combate à corrupção e na segurança pública", destaca Francischini.

"Há um projeto que está há 12 anos parado na Câmara que endurece e aumenta a pena para o crime de tráfico de drogas, quando o traficante usa crianças e adolescentes para cometer o crime, vendendo a droga para esses jovens e nas portas das escolas. Então, é um projeto importante, que está há mais de uma década parado. Então, eu fiz um resumo de 6,5 mil projetos que tenho na comissão e, neste segundo semestre, a pauta será segurança pública e combate à corrupção", afirma Francischini.

IMPORTÂNCIA DO LITORAL

Francischini destacou que o litoral é importante para o desenvolvimento de todo o Paraná. "Quero contribuir mais com o litoral neste momento em que faço parte do Governo Bolsonaro e sou deputado federal do partido do presidente, sendo presidente do CCJ. Quero conversar com o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, e com os prefeitos do litoral, não vejo cor partidária nem bandeira política, até porque tenho poucas relações políticas tradicionais na região, pois meu contato é mais por rede social com a população. Eu fiz mais de 3,2 mil votos em Paranaguá praticamente por meio da rede social, não fiz grandes eventos e não tinha cabos eleitorais, mas tive amigos que me apoiaram e que ano que vem disputarão as eleições municipais", frisa.

"O que eu quero é utilizar toda esta esfera de relacionamento que eu construí em Brasília para poder trazer recursos ao litoral do Paraná. Estou na Comissão de Orçamento do Congresso Nacional e provavelmente serei relator agora no segundo semestre do orçamento de alguns dos ministérios da Esplanada, então terei uma boa interlocução para levar os prefeitos do litoral até Brasília conversar com o presidente Bolsonaro e ministros para viabilizar grandes obras", destaca o deputado federal, ressaltando a necessidade de sempre pensar em obras e avanços que saiam do papel e sejam viáveis.

PROJETOS IMPORTANTES

Francischini destaca que há vários projetos importantes para o segundo semestre em Brasília, entre eles a reforma do Pacto Federativo do ministro da Fazenda, Paulo Guedes. "O objetivo é aumentar a competência dos Estados e municípios para poderem legislar, pois hoje todo o Poder Legislativo fica com a União na Câmara dos Deputados e Senado Federal", detalha.

"Um projeto muito importante que é também minha pauta no segundo semestre é o Pacote Anticrime do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Na terça-feira, 23, nós vemos a prisão dos quatro hackers que invadiram o celular do procurador Deltan Dallagnol, foi uma grande operação da Polícia Federal (PF). O que nós vemos é que o ministro Sergio Moro está fazendo um grande trabalho contra a corrupção, tem muito ex-político e alguns políticos que não dormem mais à noite, e todo mundo está tentando bloquear o trabalho do ministro", destaca o deputado, ressaltando que, sempre analisando a constitucionalidade e legalidade, será continuamente a favor das ações e projetos do ministro Sergio Moro. "O objetivo dele é muito bom, ele está fazendo algo revolucionário dentro da PF e do Ministério, combatendo realmente o crime de maneira aberta. Está de fato soltando o policial para que possa fazer seu trabalho de maneira autônoma", diz.

PORTOS DO PARANÁ E POLÍCIA FEDERAL

O deputado federal comentou a apreensão contínua por parte da Receita Federal e PF de toneladas de cocaína em Paranaguá e no litoral. "As operações da Polícia Federal para desmantelar quadrilhas de tráfico de drogas têm nosso apoio total. Estaremos pautando na CCJ projetos que endurecem mais as penas contra traficantes e para qualquer tipo de crime", destaca Francischini. "No Brasil, você tem um limite de 30 anos de prisão, muitas vezes o cara vai preso e pode pegar 200 anos de pena, mas só pode ficar 30 preso. Queremos aumentar isso para 50 anos, para que cadeia seja cadeia de verdade, com punição severa igual os Estados Unidos e Europa", salienta.

"Tenho trabalhado muito com a Frente Parlamentar dos Portos em Brasília. O presidente da Frente é um deputado federal do meu partido, o Júnior Bozzella (PSL-SP), e eu tenho o apoiado muito nessas questões. Vários projetos sobre desburocratização dos Portos, desenvolvimento para os empresários, geração de emprego e renda para os trabalhadores dos Portos, eu tenho pautado tanto na Comissão de Viação e Transportes quanto na CCJ. Todo mundo que trabalha no Porto, empresários, funcionários, prestadores de serviços, podem contar conosco", afirma o legislador. 

MENSAGEM À POPULAÇÃO LITORÂNEA

"Quero agradecer a toda a população de Paranaguá e do litoral do Paraná que me fizeram o deputado federal mais votado aqui. Quero dizer que este ano, infelizmente ou felizmente, estou com um trabalho muito corrido em Brasília e poucas vezes retornei ao Paraná, mas estou aproveitando todo o relacionamento político e força em Brasília para poder gerar resultados em prol do Paraná e da população e do litoral. A toda a população que estiver nas redes sociais, entre elas Instagram, Twitter, Facebook, pode entrar na minha rede social 'Felipe Francischini', eu mesmo que respondo às perguntas e leio as sugestões. Tudo que a população do litoral tiver de dúvidas e propostas estarei lá", afirma o deputado.


Colunistas