Logotipo

China substituirá soja dos EUA por produto brasileiro e de outros países

04 de setembro de 2018

As importações do Brasil saltarão para 71,06 milhões de toneladas, segundo executivo chinês.

Compartilhe

A China substituirá quase inteiramente suas importações de soja dos Estados Unidos por grãos brasileiros e de outras origens na próxima temporada, mas poderá ficar sem o produto no início de 2019, disse o executivo de uma grande processadora do grão nesta terça-feira.

As importações dos Estados Unidos, que normalmente ocupam o segundo lugar entre os maiores fornecedores da China, vão cair para apenas 700.000 toneladas na temporada 2018/19 a partir deste mês, disse Guo Yanchao, vice-presidente do Jiusan Group.

Colunistas